Novo bicicletário gratuito no Centro de Florianópolis

Espaço anexo ao Beiramar Shopping foi ampliado para atender a grande demanda dos usuários

1
546
Espaço anexo ao Beiramar Shopping foi ampliado para atender a grande demanda dos usuários

O coração da cidade ganhou recentemente um novo bicicletário. O espaço, com capacidade para 38 bikes, foi ampliado para atender uma demanda da região, uma vez que a utilização de modais para deslocamento vem crescendo. “O Beiramar Shopping recebe uma média de 30 mil pessoas por dia e na temporada, até 50 mil/dia, e destas, 80% são andantes ou que utilizam transportes alternativos, dentre eles, a bicicleta. Dessa forma, uma de nossas medidas foi ampliar o nosso antigo bicicletário, porém, trazendo ainda mais tecnologia e possibilidades para todos os usuários da região, uma vez que já que o equipamento posiciona-se não apenas para uso exclusivo dos clientes, mas de toda a comunidade”, destaca Walther Biselli, gerente executivo do Beiramar Shopping.

O novo bicicletário foi incorporado a uma área de jardim e tem acesso direto pela calçada (não é necessário estar dentro do shopping ou da garagem para estacionar a bike) e isso tem um impacto positivo também na mobilidade de todo  entorno. Seu uso segue o mesmo modelo do já existente, com paraciclos em inox e com a possibilidade de se usar uma corrente e chaves fixadas aos equipamentos, dando mais segurança ao usuário (gratuito).

O espaço, com capacidade para 38 bikes

A iluminação do espaço se dá por luminárias de LED no teto e também por balizadores nas muretas, com enfoque na sustentabilidade. “Além disso, a segurança é outro fator a ser destacado. O espaço conta também com o nosso monitoramento e todo sistema implementado foi pensado para que o usuário desenvolva suas atividades na região de forma tranquila, sabendo que seu equipamento está seguro. Mantivemos, assim como no antigo bicicletário, a gratuidade para utilização de todo o espaço, pois acreditamos é de usufruto de todos e mais um dos benefícios do Beiramar Shopping para a cidade, além de configurar um incentivo à mobilidade urbana”, finaliza Biselli.

1 comentário

Comments are closed.