Ação orienta comerciantes do Mercado Público sobre cuidados com a caixa de gordura

Todos os comerciantes foram orientados, mais uma vez, sobre a importância da manutenção recorrente das caixas de gordura.

0
229
Todos os comerciantes foram orientados

Com o objetivo de melhorar a experiência gastronômica proporcionada pelos restaurantes, cafés e lanchonetes do Mercado Público, a Prefeitura Municipal de Florianópolis, por meio da Vigilância em Saúde, Floram e Programa Floripa Se Liga Na Rede, e Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) promoveram uma ação de fiscalização e conscientização junto aos empresários quanto aos cuidados com a caixa de gordura.

“A caixa de gordura deve ter dimensões proporcionais à produção da cozinha à qual está ligado, possuir sifão (para reter a gordura) e ser limpa periodicamente”, orientou o engenheiro Igor Puff Floriano, responsável pelo Programa Floripa Se Liga na Rede e que coordenou o grupo formado com fiscais da Vigilância em Saúde, Floram e Casan.
Dos 28 estabelecimentos vistoriados nesta segunda-feira, dia 21, quatro estavam com caixa de gordura sem sifão, um tinha a pia da cozinha conectada diretamente à rede coletora (deveria passar pela caixa de gordura), três boxes apresentaram os dois problemas ao mesmo tempo e um outro estava com infiltração nas paredes do dispositivo.

Todos os comerciantes foram orientados, mais uma vez, sobre a importância da manutenção recorrente das caixas de gordura. “O dispositivo sobrecarregado, como encontramos em alguns dos casos aqui, extravasa e pode gerar obstrução e transbordamento da rede coletora”, disse Floriano.

Em dezembro, 12 boxes tiveram a caixa de gordura vistoriada por equipes técnicas da Casan. Em uma das ocorrências, foi requisitado ao comerciante que providenciasse um sifão para conter a gordura. Na ação desta segunda-feira foi constatado que tal inadequação não foi corrigida. O responsável foi autuado pela Vigilância em Saúde e tem apenas mais três dias para providenciar a correção.