São José recebe certificado de Cidade Amiga do Futuro

Ação marca a parceria do Município com a Udesc que promoverá a 1ª Feirinha de Inovação e Empreendedorismo Mirim Esag Kids

0
33

O município de São José recebeu, de maneira pioneira, o Certificado de Cidade Amiga do Futuro. O ato ocorreu na manhã desta sexta-feira (15) e marcou a parceria firmada entre a Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) e a Prefeitura para implementar na rede municipal de ensino a metodologia do Projeto Esag Kids Ensino de Empreendedorismo, Inovação e Educação Fiscal. Um das ações será a 1ª Feirinha Mirim para estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental, por meio do Programa de Extensão Universitária.

Durante a cerimônia estiveram presentes o prefeito em exercício Neri Amaral, o reitor da Udesc, Marcos Tomasi; o reitor do Centro Universitário Municipal de São José, Renato Brittes; a secretária municipal de Educação, Lilian Boeing; o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto; o professor Eduardo Jara, idealizador do projeto; o embaixador do Projeto Esag Kids, Paulo Sérgio Cardoso da Silva; e demais autoridades.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto, destacou a importância do projeto lembrando que a iniciativa impactará as crianças da rede municipal de ensino de maneira bastante positiva. “Hoje é um dia muito feliz para a Educação em São José, afinal a parceria aqui firmada é sinônimo de crescimento para nossos alunos e sociedade. Tenho certeza que essa aproximação terá reflexos na nossa qualidade de ensino, trazendo conhecimento e experiências tão enriquecedoras para nossos educandos”, complementou a secretária de Educação, Lilian Boeing.

O reitor da Udesc, Marcos Tomasi, acredita que às vezes ocorre um isolamento de quem está na universidade, sendo que a universidade tem que estar onde as coisas estão acontecendo. “Estamos trabalhando esse desencapsulamento. Sou a favor que o ensino inove e saia de dentro de quatro paredes e, por isso, estou animado com esse projeto, pois sei que renderá frutos satisfatórios para a sociedade e para o futuro dessas crianças”, concluiu Tomasi.

Segundo o prefeito em exercício, Neri Amaral, a educação da rede municipal de São José se destaca pela qualidade. “Empreender através da inovação é o segredo para o nosso presente e futuro, afinal tudo está interligado e caminha de mãos dadas. Então, investir em novos projetos que estimulem e desenvolvam o intelecto, é de grande valia para São José”, assinala Neri.

Sobre o projeto

A experiência piloto envolverá cerca 400 estudantes que receberão livros e materiais doados pela Udesc e parceiros envolvidos. As escolas municipais inicialmente inclusas no programa serão o Colégio Municipal Maria Luiza de Melo (Melão), a Escola Básica Vereadora Albertina Krummel Maciel e a Escola Professor Altino Corsino da Silva Flores, sendo que os professores também serão capacitados. Dos alunos envolvidos, uma turma participará de oito encontros presenciais em diferentes espaços de Inovação e de governança, como Acate, Sapiens Parque, Câmara Municipal, Ministério Público, Controladoria Geral da União e Udesc.

Os estudantes aprenderão sobre Empreendedorismo e suas diferentes abordagens (social, ambiental e de negócios), desenvolvimento de aplicativos para celular, liderança, planejamento, ética, Economia Criativa, Inovação e Educação Fiscal.

Ao final do ciclo, cada turma receberá fomento de R$200,00 para executar um plano. Os empreendedores mirins receberão mentoria de universitários de graduação e pós-graduação da Udesc e também da UFSC, IFSC e Unisul, universidades parceiras da Feirinha Mirim para estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental. As crianças deverão recolher notas fiscais e apresentar resultados de suas ações, com métricas próprias de avaliação.

Desta forma, espera-se que os estudantes do 4º ano do Ensino Fundamental
desenvolvam e participem de um ciclo empreendedor completo, com planejamento, execução e avaliação. O objetivo é incentivar a cultura de inovação desde a base da formação das crianças e mostrar que São José é sim uma Cidade Amiga do Futuro.”, resume Paulo Sérgio Cardoso da Silva, embaixador do Projeto Esag Kids.

A metodologia desenvolvida pelo Programa Esag Kids já foi premiada, sendo idealizada pelo professor Eduardo Jara, agraciado com o Prêmio Stemmer de Inovação Catarinense na categoria Protagonista da Educação em 2017. O Programa Esag Kids também foi reconhecido, em 2018, com um dos 20 melhores cases de Inovação Social da América Latina, no Encontro Latino-americano de Inovação Social.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome