Adeliana Dal Pont sanciona lei para criação de cargos e funções gratificadas na Educação

O objetivo é valorizar os profissionais que atuam na rede, além de reforçar a rede municipal de ensino

0
17

A prefeita Adeliana Dal Pont sancionou, na manhã de sexta-feira (12), a Lei 090/2019 que institui a contratação de 76 profissionais para o quadro efetivo e a criação de 70 Funções Gratificadas de Assessoramento Administrativo e Pedagógico no âmbito da Secretaria Municipal de Educação. A medida tem objetivo de valorizar os profissionais que atuam na rede municipal de ensino de São José, além de reforçar o quadro funcional de servidores efetivos.

Desta forma, o Município poderá realizar concurso público para contratar 35 agentes de secretaria escolar, 40 secretários escolares e um revisor de Braille. A medida busca valorizar os servidores que atuam no âmbito administrativo, pedagógico e que contribuem para que a Educação em São José continue a se destacar no estado.

“Os servidores da Educação têm sido verdadeiros guerreiros, com muita dedicação para que possamos elevar nossos índices e manter a qualidade dos serviços prestados à comunidade, portanto, são merecedores desta conquista”, destacou a prefeita Adeliana Dal Pont.

O investimento em Educação no município de São José é prioridade da gestão. Em 2018, Adeliana empossou 246 novos educadores na maior chamada de efetivos da área de Educação já realizada no Município. Neste ano, mais de 100 servidores efetivos, entre professores, auxiliares de sala, auxiliares de ensino e supervisores, também foram contratados.

“Fazemos um esforço constante para que possamos ampliar a nossa rede de ensino, pois acreditamos que a Educação é um dos mais importantes legados que podemos deixar para o futuro da nossa cidade, dando oportunidade para que as nossas crianças e jovens possam se desenvolver e se tornarem cidadãos mais conscientes, críticos e participativos”, reforçou a prefeita.

Atualmente, o quadro da Educação conta com 3 mil servidores que atendem 23 mil alunos nas unidades escolares do Município. Os bons resultados alcançados, como odesempenho no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) 2017 que colocou São José no terceiro lugar entre as 195 cidades de Santa Catarina, também foi lembrado na ocasião.

“Está é uma conquista histórica e, por isso, é um momento para agradecermos o reconhecimento e a sensibilidade da prefeita Adeliana por ouvir os anseios dos servidores e contribuir para que o ensino em São José possa ser cada vez melhor e possamos atingir a nossa meta de elevar ainda mais os índices da Educação em nossa cidade”, enfatizou a secretária municipal de Educação, Lilian Sandin Boeing, ao agradecer também a parceria da secretária adjunta de Educação, Daniela Fraga, e de toda a equipe.

O projeto para regularização da criação de gratificações e contratação de novos educadores foi encaminhado pela Prefeitura à Câmara Municipal de São José, sendo aprovado pelos vereadores. “Desde o início da chegada deste projeto ao Legislativo buscamos trabalhar para que a pauta fosse amplamente debatida e sua relevância e urgência fossem reconhecidas, pois a Educação será sempre uma das prioridades no Parlamento”, comentou o presidente da Câmara, vereador Michel Schlemper.

“A dedicação e o afinco dos servidores contribuíram para que a Educação conquistasse um patamar de destaque em relação aos outros municípios do estado. Esta valorização será importante para que a qualidade deste serviço possa crescer cada vez mais em todos os setores da rede. Nosso sentimento é de gratidão pelo reconhecimento”, destacou a diretora de Ensino da Rede Municipal, Claudia Regina Macário, que falou em nome dos servidores.

O ato realizado em gabinete contou com a presença do vice-prefeito, Neri Amaral; da vereadora Méri Hang, representante da Educação na Câmara e servidora efetiva da rede de ensino, que na oportunidade enalteceu a valorização da categoria; dos vereadores Alexandre Rosa; Jair Costa; Moacir da Silva; Orvino Coelho de Ávila; Nardi Arruda; Roinoldo Neckel; Sanderson de Jesus e Zica Osmar, além de secretários municipais, servidores da Educação e demais servidores do Município.