Estácio Florianópolis leva ensino de programação de Sistemas de Informação à alunos de escola pública

Projeto tem duração de oito meses

0
19
Aluno da escola EBM Intendente Aricomedes da Silva no curso

Um projeto de extensão da Estácio Florianópolis vai levar ensino de programação para alunos de 9 a 14 anos da escola pública da Capital, EBM Intendente Aricomedes da Silva. A iniciativa, batizada de Programação na Escola, pretende desenvolver o pensamento computacional nos estudantes, melhorar o desempenho em sala de aula e incentivar a formação de programadores, profissão com alta demanda no mercado local.

Pelos próximos oito meses, uma vez ao mês e sempre aos sábados, a coordenadora do curso de Sistemas da Informação da Estácio Florianópolis, Maiara Cancian, com apoio de estudantes do curso, irá visitar a escola para as aulas. A ideia é integrar o ensino da programação e a disciplinas como geografia, matemática, entre outras, para estimular interesse pela computação e melhorar o desempenho do ensino.

Para facilitar o entendimento, a ferramenta a ser utilizada na condução das aulas será o Scratch. Com essa plataforma, é possível desenvolver técnicas de programação de forma criativa, dinâmica e divertida, tornando mais atrativa a metodologia.

A inclusão do ensino de computação e programação na Educação Básica é uma tendência. Atualmente, existem diversas iniciativas para ensinar computação como, por exemplo, Code.org (http://www.code.org), Code.club (https://www.codeclubworld.org), entre outras.

Além da escola, as aulas poderão ocorrer também diretamente no laboratório da Estácio Florianópolis.