Análises preliminares indicam que URA está reduzindo poluição da Baía Norte

Colocada em regime de pré-operação no início do ano em Florianópolis, a Unidade de Recuperação Ambiental (URA) Beira-Mar Norte começa a apresentar os primeiros resultados.

0
100
Colocada em regime de pré-operação no início do ano em Florianópolis, a Unidade de Recuperação Ambiental (URA) Beira-Mar Norte começa a apresentar os primeiros resultados.
Desde que as 32 válvulas do sistema foram fechadas, impedindo a chegada de esgoto irregular à Baía, a Companhia realizou sete coletas de amostras da água em dois pontos, num total de 14 medições: nas proximidades da própria URA (avaliando a qualidade da água entre a URA e a Avenida Mauro Ramos) e no Trapiche (avaliando o trecho de praia entre o Trapiche e a URA).
“Quatorze medições representam uma amostra ínfima para qualquer avaliação cientifica”, esclarece o engenheiro Joel Horstmann, Superintendente Regional Metropolitano. “Não há ainda como fazer avaliações técnicas, o que será possível daqui a 90 dias, mas as primeiras análises são animadoras, comprovando que o Projeto de Balneabilidade começa a atingir seu objetivo de estancar a chegada de esgoto irregular e clandestino no mar”.
PRIMEIROS RESULTADOS
– Das 14 medições da água, 8 apresentaram índices de colimetria abaixo de 800 NMP/100mL, parâmetro utilizado para qualificar uma água própria para banho, segundo resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama).
– Em 3 das 14 medições os índices foram acima de 800 NMP/100mL porque a coleta foi realizada em período de chuva. “Em momentos de chuva mais intensa as comportas estarão sempre abertas para o mar, pois os canais são de drenagem, servindo justamente para escoar água da chuva e impedir alagamentos na cidade”, explica o engenheiro químico Felipe Rodrigues Alves dos Santos.
– E em três outras medições os índices também se mostraram acima do tolerado, provavelmente devido à necessidade de ajustes no sistema.
GRÁFICO COMPARATIVO
Ao comparar a colimetria registrada antes de março, quando a URA entrou em operação, os resultados mostram a ação efetiva da Unidade de Recuperação Ambiental.
Conforme mostra o gráfico “Média de Concentrações de Coliformes” (veja abaixo), o trecho de praia entre o Trapiche e a URA apresenta as menores concentrações médias de E.coli em níveis que poderiam colocar o local como próprio para banho em março e abril. O outro trecho também apresentou uma forte redução da média das concentrações sendo observado em abril, que uma das coletas foi influenciada pela precipitação pluviométrica de 53mm num só dia.
Quem atesta, porém, se o local é próprio ou impróprio para banho é o Instituto do Meio Ambiente (IMA), cujo site é www.ima.sc.gov.br
VISITAS
O Projeto de Balneabilidade da Beira-Mar Norte é uma parceria do Governo do Estado, da CASAN e Prefeitura Municipal da Florianópolis.
Localizada no meio da Avenida Beira-Mar Norte, a URA pode ser visitada por técnicos, grupos de estudos e de escolas. Para agendar, o contato pode ser feito acessando o site tratopelosaneamento.com.br