Lacre Solidário, manifestações e abuso sexual são debatidos na Câmara de São José

Veja os principais ações debatidos na Sessão Ordinária desta quarta-feira, 15, na Câmara Municipal de São José

0
40
Vereador Alini destacou campanha Lacre Solidário

A Sessão Ordinária desta quarta-feira, 15, na Câmara Municipal de São José, ficou marcada pela presença feminina na Tribuna. Três vereadoras e um vereador usaram o espaço para destacar assuntos como acessibilidade, violência sexual e manifestações em prol da educação.

Integrantes da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, as vereadoras Alini Castro (MDB) e Cristina de Sousa (PRB) fizeram uso da palavra a fim de apontar relatos importantes sobre a acessibilidade no município de São José.
“Sugiro ao Legislativo que faça uma campanha para recolher lacres de latinhas para serem trocados por cadeiras de rodas. A Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência pode ficar à frente desse trabalho, seja para doar ou solicitar uma cadeira de rodas”, destacou a vereadora Alini Castro, que ainda elogiou o Grupo de Arte e Cultura Querência Açoriana pela parceria com a Autopista Litoral por meio do programa lacre solidário.
Da mesma forma, a vereadora Cristina de Sousa pediu maior integração com ONGs e prefeitura, nas causas das pessoas com deficiência, a fim de que todos “lutem juntos pelas mesmas causas”.
Também na Tribuna, a vereadora Méri Hang (PSD) convidou os demais parlamentares para reunião pública, nesta quinta-feira, às 19h, na Câmara, sobre abusos e violência contra crianças e adolescentes. A parlamentar apresentou dados disponibilizados pela Polícia, como: 489 notificações de abuso sexual infantil, sendo 369 vítimas do sexo feminino, especialmente na faixa etária entre 10 e 15 anos. A própria residência é o local de ocorrência mais frequente dos abusos e maioria dos crimes são cometidos por homens (66,5%) que conhecem as vítimas.
“Os caminhos para enfrentar essa situação são conscientização, prevenção e denúncia”, disse Méri, ainda completando: “Precisamos quebrar esse silêncio e sermos as vozes das pessoas que têm medo e não conseguem falar sobre essa situação”, finalizou.
Por fim, o vereador Caê Martins (PSD), em Explicações Pessoais, enalteceu as manifestações contrárias a cortes nas universidades do país realizadas nesta quarta-feira.
A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda-feira, 20, a partir das 16h.