Mobilidade Urbana, Zona Azul, Carteirinha de Autistas e Libras na PM são destaques na Câmara de São José

Assuntos foram levantados em manifestações em Tribuna

0
46
Vereador Nardi citou exemplo de Curitiba para o transporte público

Na Sessão Ordinária desta quarta-feira, 10, a mobilidade urbana e o cuidado com as necessidades especiais das pessoas foram ressaltados na Tribuna da Câmara Municipal de São José. Os vereadores Nardi Arruda e Clonny Capistrano focaram no transporte público e na implementação da Zona Azul.

“É preciso ver casos concretos e de sucesso que podem ser adotados para tornar serviços e soluções mais eficientes. O estado precisa ter humildade para conhecer estratégias de sucesso adotadas ao redor do mundo” destacou Nardi Arruda (PSD), citando exemplos bem-sucedidos em Curitiba e Nova Iorque.
Já o vereador Clonny Capistrano (MDB) recorreu ao sistema adotado em Joinville, onde não há cobrança da Zona Azul e a fiscalização é feita por agentes da prefeitura. O parlamentar citou o modelo de São José, no qual há uma empresa contratada para exercer o serviço, mostrando-se contrário à prática.
Outro assunto abordado foi a inclusão social. Em sua fala, o vereador Caê Martins (PSD) reclamou da não regulamentação da Lei que cria a Carteirinha do Autista, aprovada em dezembro de 2018. “Já fui inúmeras vezes ao Executivo perguntar como está a situação. É uma lei preventiva, que evita conflitos. A casa procedeu, como é sua função, fizemos o que está na nossa atribuição, porém o Poder Executivo não chegou ao consenso de quem irá expedir a carteirinha. Todos perdem”, lamentou.
Por fim, a vereadora Cristina de Sousa (PRB) relatou envio de ofício à Polícia Militar para implementação de Libras no curso de formação dos novos soldados. “Vai ter um concurso agora e esses policias militares entrarão no ano que vem. Levei um documento, entreguei-o com o pedido da implementação de Libras como obrigatório. Hoje tem como optativo e a EAD”, destacou.
A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda-feira, às 16h.