Piloto de São José chega perto de feito inédito e é vice-campeão do Transcatarina

Gustavo Schmidt, o Guga, busca ser o primeiro campeão da competição como navegador e também como piloto

0
67

Foram 800 quilômetros de provas, muitos balaios, pegadinhas, poeira e desafios entre as cidades de Fraiburgo e Blumenau. O 11º Transcatarina foi realizado entre os dias 9 e 13 de julho e ainda passou pelas cidades de Caçador e Rio Negrinho, reunindo quase 200 veículos e 800 pessoas que acompanharam o comboio de um dos maiores rallys de regularidade do país. E foi enfrentando esse percurso que o piloto de São José, Gustavo Schmidt, o Guga, buscava fazer história. Tricampeão da competição como navegador, Guga, que compete pela GS Racing, buscava o título como piloto. E o feito inédito chegou perto de virar realidade.

Ao lado do navegador de Gravataí (RS), Tiago Poisl, Gustavo terminou a competição com um segundo lugar, resultado considerado ótimo pelo piloto da Master, categoria destinada aos competidores mais experientes. “Foi sensacional! Uma prova excelente, muito pegada, com todas as nove etapas do jeito que gostamos. Ser vice-campeão no evento mais difícil de todos os anos é um excelente resultado! Faltaram detalhes que vamos corrigir para os próximos anos, mas o carro reagiu de forma perfeita”, comenta Guga.

No total, a GS Racing participou do Transcatarina com um grupo de 17 carros distribuídos em todas as categorias, mas com a maioria concentrada na Master, onde estão os mais experientes e competitivos pilotos e navegadores. Esse grupo contou com apoio mecânico da Trilha SC e ainda uma infraestrutura que incluía um motorhome, três mecânicos, dois cozinheiros, um assessor de logística, um assessor de imprensa/fotógrafo e um chefe de equipe.

Pódios em todas as categorias

Ao final da competição a equipe completou os cinco primeiros lugares da Master e também subiu ao pódio no ranking geral de todas as categorias. Os campeões entre os mais experientes foram o piloto Olair Fagundes, de Cuiabá (MT), e o navegador Jhonatan Ardigo, de Apucarana (PR). Flávio Roberto Kath (Poder), de Blumenau, e Marcos Maia Panstein, de Jaraguá do Sul, ficaram com o terceiro lugar e Leandro Rodrigo Riffel, de Piratuba, e Michael da Silveira Masson, de Capinzal, com o quarto. Fechando o pódio da categoria, o piloto Acyr Hideki, de Corupá, e o navegador Renan Medeiros, de Blumenau, ficaram em quinto.

Na Graduado, a equipe conquistou o quarto lugar com o piloto Márcio Schlindwein, de Palhoça, e o navegador Leonardo Agustinho de Melo, de São José. Na Turismo, uma dupla de Piratuba formada por pai piloto e filho navegador, José Andrade Júnior e Bernardo Schafer Andrade, também encerrou a competição em quarto. O piloto Eduardo Pereira e a navegadora Maria Beatriz de Andrade, de Belo Horizonte (MG), ficaram em quinto na Turismo Iniciante. E na Turismo Light, outra dupla de São José subiu ao pódio. O piloto Ricardo Hoffmann competiu ao lado do filho, o navegador Guilherme Hoffmann, e conquistou o terceiro lugar.

Transmissão direta do Transcatarina

Os bastidores e resultados da GS Racing no 11º Transcatarina foram divulgados durante todo evento pelo Instagram da equipe. As publicações ainda estão disponíveis no destaque do Stories do perfil @gsracing no item “Transcatarina”. Siga a equipe e acompanhe as novidades. As notícias também são publicadas no Facebook pela página da GS Racing no endereço fb.com/racinggs.

As inscrições para o 12º Transcatarina já foram abertas e as duplas da GS Racing já estão se inscrevendo. A competição acontece em 2020 entre os dias 7 e 11 de julho e ainda não tem as cidades definidas. Gustavo Schmidt está confirmado na competição e novamente vai buscar o título como piloto no rally que ele considera o mais difícil e competitivo do Brasil.

Texto: Aline Ben da Costa/Comunicação 4×4