Audiência pública vai discutir obras paralisadas em SC num total de R$ 6,9 bilhões

Em Santa Catarina são mais de 120 obras paralisadas ou com o andamento comprometido que resultam em um total contratado de R$ 6,9 bilhões e afetam 66 cidades catarinenses

0
49

Em Santa Catarina são mais de 120 obras paralisadas ou com o andamento comprometido que resultam em um total contratado de R$ 6,9 bilhões e afetam 66 cidades catarinenses. Esses são os números obtidos após análise dos levantamentos realizados pela FIESC e TCE/SC sobre as obras no estado.

Para debater esse cenário que interfere diretamente na vida dos catarinenses, está marcado para o dia 7 de outubro, às 14h, no Plenarinho da ALESC, a audiência pública proposta pelo deputado Bruno Souza (sem partido).

Os motivos dos atrasos são os mais diversos: falta de repasse de recursos financeiros, problemas nos projetos e estudos, desapropriações, licitação/rescisão contratual e licenciamento ambiental. “O fato evidente é a falta de planejamento e contribuição para a estagnação da economia e desperdício de dinheiro público”, frisa o deputado.

Chama atenção ainda no levantamento, a grande quantidade de obras paralisadas ou com o andamento comprometido no segmento rodoviário, que responde por R$ 4 bilhões das obras contratadas e é umas das principais vias de escoamento das riquezas geradas no estado.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome