GMSJ confirma turmas para o curso de defesa pessoal Guarda por Elas

A iniciativa tem o objetivo de possibilitar alternativas para o enfrentamento da violência contra a mulher

0
85

A Guarda Municipal de São José confirmou as turmas do projeto Guarda por Elas, que oferecerá aulas gratuitas de defesa pessoal para mulheres. A listagem das inscritas foi atualizada com o nome das alunas que estavam na lista de espera e foram chamadas após desistências. O resultado pode ser conferido no site da Prefeitura – www.saojose.sc.gov.br. No total, foram oferecidas 120 vagas divididas em quatro turmas, em dois polos diferentes: na sede da GMSJ, no bairro Campinas, e na Praça do CEU, no bairro Ipiranga. O curso será ministrado uma vez por semana, das 19h às 20h, durante dois meses, com encerramento previsto para o dia 3 de dezembro.

A aula inaugural do projeto movimentou a sede da GMSJ na última quinta-feira (3). A iniciativa tem o objetivo de possibilitar alternativas para o enfrentamento da violência contra a mulher, por meio da disseminação dos direitos e mecanismos de proteção, empoderamento feminino no seu aspecto emocional e instruções de Krav Maga (Sistema de Combate e Defesa Pessoal Israelense). As participantes devem residir em São José, ter mais de 14 anos e estar apta ao desenvolvimento de atividades físicas.

A aula inaugural teórica foi ministrada pela guarda municipal Ângela Welter que fez a apresentação da equipe e do cronograma do projeto para as alunas. Nos encontros seguintes o projeto dará início às práticas da defesa pessoal com a professora Josiane Alcântara, que é instrutora Operacional do Grupo ATTAC, e com o instrutor de Defesa Pessoal, Paulo Limas. Dentro do projeto também serão realizados círculos de construção de paz com a psicóloga Tuanny Pfeifer, abordando a temática do empoderamento feminino no seu aspecto emocional.

O comandante da GMSJ, Marcelo Luiz de Souza, enfatiza que curso vai além das práticas de defesa pessoal, proporcionando às participantes diversos benefícios para saúde física e mental. “A atividade é uma forma de capacitar as mulheres de maneira preventiva, ensinando técnicas de autodefesa básicas para o dia a dia que, aliadas a outros conhecimentos, estimulem a autoconfiança e também as encorajem a denunciar eventuais abusos”, destaca o comandante.

O vice-prefeito Neri Amaral elogiou a iniciativa pelo olhar sensível à questão da violência contra a mulher. Neri destacou ainda o trabalho que vem sendo realizado pela Guarda Municipal de São José, uma instituição que hoje é referência no estado. O vice-prefeito lembrou os investimentos que vem sendo realizados na área, com cursos de capacitação para os guardas, equipamentos proteção individual, novos veículos e kits de tecnologia.

“Essa é uma iniciativa de extrema importância. Seria melhor que não precisasse aplicar medidas assim, mas são necessárias e a Guarda Municipal tem a estrutura completa para realizar o curso, já que conta, inclusive, com uma psicóloga na equipe. Gostaria de parabenizar a Guarda e a gestão da prefeita Adeliana pela sensibilidade”, declarou o vereador Orvino Coelho de Ávila.

Também estiveram presentes no evento o vereador Moacir da Silva, o secretário adjunto de Segurança, Defesa Social e Trânsito, Vânio Dalmarco; a secretária de Administração, Vera Andrade; a secretária da Educação, Lilian Sandin Boeing; e a secretária adjunta da Receita, Gilmara Bastos.