CEI APAM realiza apresentação sobre a história do Município de São José

O projeto foi desenvolvido pelas professoras com o objetivo de mostrar a cidade às crianças

0
157

A manhã desta terça-feira (12) foi animada para as crianças do Centro
de Educação Infantil (CEI) APAM. Os grupos 4/5 e 5/6 realizaram uma
visita especial ao gabinete da prefeita Adeliana Dal Pont, além de uma
apresentação sobre a história de São José, no hall da Secretaria de
Educação, para servidores e visitantes. O projeto foi desenvolvido
pelas professoras com o objetivo de apresentar a cidade às crianças.

O projeto “Conhecendo São José” foi trabalhado com as crianças
durante o ano letivo de 2019. Ao longo deste processo, as crianças
tiveram a oportunidade de conhecer pontos históricos da cidade como o
Centro Histórico de São José e o Beco da Carioca, além de
instituições como o Jardim Botânico do Município.

As crianças e professoras do CEI presentearam a prefeita Adeliana com
registros do projeto. “É uma alegria e honra imensa ver o gabinete
repleto de crianças, que são o futuro de São José. Saber que estão
aprendendo sobre a cidade em que vivem é gratificante, pois o papel da
Prefeitura é dar oportunidades para as pessoas, refletindo na qualidade
de vida delas”, ressalta a prefeita.

Para encerrar o projeto, as professoras Alcileia de Souza da Silva, Ana
Paula da Silva e Gicele Maisa de Christo reuniram as crianças para
apresentar um poema e interpretar duas canções sobre a história do
município. “Foi muito prazeroso trabalhar esse projeto, porque havia
crianças que nem conheciam a cidade de São José, não sabiam da
história. Então refazer a história de uma forma que eles pudessem
entender e que fosse significativa, foi muito emocionante. Me realizei
mais do que eles em ver a felicidade, a alegria e a contemplação desse
projeto”, afirma a professora do grupo Gicele Maisa de Christo.

A coordenadora da Educação Infantil, Márcia Rizzaro, representando a
equipe da Secretaria de Educação, agradeceu a presença dos alunos,
que encantaram a todos. “As crianças deixaram este espaço mais
feliz, pois elas movem nosso trabalho”, pontuou Marcia.