Dia D do Novembro Azul e da Campanha Contra o Sarampo acontecem neste sábado (30)

As unidades de saúde de São José estarão abertas das 8h às 17h

0
49

O sábado (30) será “Dia D” para cuidar da Saúde em São José. A Policlínica de Barreiros e 23 Unidades Básicas de Saúde (UBS) e estarão abertas em horário especial, das 8h às 17h, com múltipla ofertas de serviços à população. A ação é promovida para marcar a Campanha Novembro Azul e a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo. Somente a antiga UBS Serraria não estará aberta neste dia.

Nas Unidades Básicas de Saúde, além das vacinas contra o sarampo, também serão realizados atendimentos odontológicos, consultas médicas, consultas de enfermagem e testagem rápida para doenças sexualmente transmissíveis. Também serão atendidos os jovens de 20 a 29 anos que ainda não receberam as duas doses da vacina contra o sarampo.

“A vacinação é a medida mais importante para evitar surtos de doenças como essa. Por isso, a equipe de Saúde está engajada na Campanha com o objetivo de chamar a atenção para que os jovens compareçam à unidade de saúde mais próxima de sua residência para receber a vacina”, enfatiza a secretária municipal de Saúde, Sinara Simioni.

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, causada por um vírus que pode evoluir para complicações e óbito. É extremamente contagioso, podendo se espalhar facilmente pelo ar e permanecer no ambiente por até duas horas. A transmissão ocorre por meio da respiração, tosse ou espirros. Febre alta, tosse, coriza, olhos avermelhados e manchas vermelhas são sintomas da doença.

Na Policlínica de Barreiros o atendimento será de exclusividade masculina. Com agendamentos realizados durante a semana nas unidades, serão ofertadas consultas de urologia, ortopedia, neurologia, oftalmologia, proctologia e odontologia, além dos serviços de ultrassom de próstata e orientação nutricional e psicológica. Somente a testagem rápida para HIV, sífilis e hepatites será por demanda espontânea.

A secretária de Saúde destaca a importância da participação masculina na ação. “Novembro é o mês dedicado à saúde dos homens, que muitas vezes não se atentam aos cuidados necessários e, quando procuram as unidades, é porque já estão com alguma doença instalada. Precisamos que o homem desenvolva essa questão de cuidar da saúde. É de extrema importância a participação deles nas atividades e para receber orientações”, aponta Sinara.

O câncer de próstata, tipo mais comum entre os homens, é a causa de morte de 28,6% da população masculina que desenvolve neoplasias malignas. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, segundo os dados mais recentes do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

Na fase inicial não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, cerca de 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são dor óssea, dores ao urinar, vontade de urinar com frequência e presença de sangue na urina e/ou no sêmen. A única forma de garantir a cura do câncer é o diagnóstico precoce.