Prefeitura de Florianópolis vai reformar Centro Leste

Licitação para obras de revitalização e qualificação de ruas do entorno da Praça XV e região deverá ser lançada no Super Março com conclusão dos serviços até o final do ano

0
54

A Prefeitura de Florianópolis já tem o conceito da revitalização e qualificação que fará em mais uma área do centro histórico da cidade. É que as ruas do entorno da Praça XV de Novembro e outras quatro vias públicas da região leste (lado direito da praça) serão uniformizadas. São elas: a Rua Tiradentes, o Calçadão da João Pinto, a Rua Nunes Machado e a Rua Fernando Machado.

O lançamento da licitação para contratação da empresa que vai executar as obras está previsto para acontecer durante o Super Março, em comemoração ao 347 anos da cidade. “Depois da restauração da antiga Casa de Câmara e Cadeia e da revitalização do Largo da Alfândega, faremos mais esta obra para valorizar o centro histórico de Florianópolis”, ressalta o prefeito Gean Loureiro.

Para fins de uniformização, as vias passarão pela mesma transformação. Elas terão o pavimento em paralelepípedo trocado por pavimento em paver (blocos de concreto intertravados) e nivelado com o passeio (calçada) que, por sua vez, será refeito em granito e acessível.

“A ideia é privilegiar as pessoas e deixar esta região do centro histórico mais harmônica e no estilo do novo Largo da Alfândega recém-entregue. Vai ser a obra!”, comemora o secretário de Infraestrutura, Valter Gallina, que garante que a revitalização será concluída ainda este ano. O valor do investimento será calculado, mas, estima-se que deverá envolver cerca de R$ 8 milhões.

O secretário também enfatiza que as mudanças previstas nas ruas da região não vão acarretar alterações no trânsito, após o término das obras.

Entorno do Largo da Alfândega

Após o Carnaval, a Prefeitura vai iniciar as obras das calçadas acessíveis em granito no entorno do Largo. Mais especificamente, na Rua Conselheiro Mafra, nos dois lados do trecho entre a Rua Arcipreste Paiva e a Rua Deodoro – devido ao acesso à antiga Casa da Alfândega e à praça do Largo da Alfândega – e dali até a Rua Jerônimo Coelho, na lateral do Mercado Público por ser prédio histórico.