CDL DE Florianópolis orienta que não seja estocado alimentos em casa

Ação aglomera pessoas e favorece a proliferação do Covid-19

0
70

O consumo desenfreado nos supermercados tem chamado atenção em todo o território catarinense após vigorar o Decreto nº 515, de 17 de março de 2020, em que declara situação de emergência no estado de Santa Catarina por conta do Coronavírus – COVID-19.

A CDL de Florianópolis alerta que não existe a necessidade do empresário e do consumidor ter este tipo de comportamento, visto que a Associação Catarinense de Supermercados – Acats, afirma que não faltará produtos e nem abastecimento aos supermercados do Estado de Santa Catarina.

Para o presidente da CDL de Florianópolis, Ernesto Caponi, o cidadão deve usar do bom senso e agir de forma comunitária, pois o consumo em exagero, como tem ocorrido nos últimos dias, desfavorece as famílias mais humildes que não possuem condições de ir ao supermercado de forma imediata.

Além disso, o Governo do Estado anunciou na noite de quarta-feira (18), uma nova portaria que determina a entrada limitada de pessoas em supermercados e farmácias em 50% da capacidade do espaço para evitar aglomerações.

Por este motivo, a CDL de Florianópolis orienta que os empresários e os consumidores não estoquem alimentos em casa e que mantenham as rotinas normais de supermercado, indo ao estabelecimento somente quando houver a necessidade de algum produto.

A entidade ainda sugere, se possível, dar preferência ao consumo no pequeno e no médio empreendedor, pois essas atitudes são imprescindíveis para manter os negócios dessas empresas neste frágil momento da economia.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome