Nesta semana vacinação será feita em idosos com mais de 80 anos, acamados e abrigados em asilos

As novas ações foram anunciadas pela prefeita Adeliana Dal Pont durante uma transmissão realizada na manhã desta terça (24).

0
56

A manhã desta terça-feira (24) foi destinada pela prefeita Adeliana
Dal Pont para atualizar os josefenses sobre a estratégia de vacinação
no município e a Central de Atendimento para os pacientes que
apresentam sintomas respiratórios em combate ao Coronavírus. Durante a
transmissão, que contou com cerca de 2,3 mil visualizações em 20
minutos, Adeliana lembrou que a Secretaria de Saúde de São José está
realizando testes do pezinho e a entrega de fórmulas especiais em
domicílio às famílias. São José já apresenta o registro de quatro
casos de Covid-19.

O primeiro ponto abordado pela prefeita Adeliana na conversa com os
josefenses foi a medida do Governo de Santa Catarina em prolongar a
situação de emergência por mais sete dias aos serviços não
essenciais, medida anunciada no dia 17 de março sobre do Estado. O
Decreto Municipal Nº 13219/2020 regulamenta essa decisão. “É a forma
que temos de romper a cadeia de transmissão do coronavírus, que é
muito poderoso, passando de uma pessoa para a outra com muita
velocidade. A forma de acabar com essa cadeia é permanecer em casa com
os cuidados que já conhecemos”, ressaltou Adeliana, lembrando da
importância da higienização correta das mãos e das residências,
além de manter distância de outras pessoas nos supermercados e
farmácias.

VACINAÇÃO

Foi atualizada também a estratégia de vacinação contra a influenza
no Município. Nesta quinta, sexta-feira e sábado (26, 27 e 28), as
equipes de saúde estarão visitando os idosos de asilos e cuidadores,
idosos acamados e os acima de 80 anos para realizar a imunização em
domicílio. Sendo assim, não é necessário que este público se
desloque até as Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Na próxima semana,
a prefeita Adeliana informará as ações de imunização para os demais
integrantes dos grupos de risco, que atualmente conta com mais de 70 mil
pessoas em São José. O calendário de vacinação estabelecido pelo
Ministério da Saúde será feito em etapas até maio, para evitar
aglomerações e proteger as pessoas.

SAÚDE SÃO JOSÉ

Durante a live, uma pessoa que faz parte do grupo de risco perguntou
que procedimento poderia adotar, pois sentia dores no corpo e cansaço.
Adeliana reforçou que desde segunda-feira (23), a Prefeitura
disponibilizou uma Central de Atendimento às pessoas que apresentam
sintomas respiratórios pelo telefone 0800 580 3610, estando disponível
por todos os dias, 24 horas. Mais de 220 pessoas acessaram o serviço e
70 necessitaram de atendimento médico no primeiro dia de funcionamento
da central.

O atendimento é realizado em duas etapas com profissionais médicos e
enfermeiros. Primeiro, o paciente passa por uma triagem com enfermeiros,
que avalia o estado de saúde do paciente. Caso o profissional
identifique a necessidade do atendimento médico, a ligação é
transferida. O serviço conta com um diferencial no segundo nível de
atendimento ao paciente. Se necessário e a pessoa tiver condições por
meio do celular ou no computador, o médico retornará a ligação via
vídeo para fazer a avaliação mais detalhada. “Este é um serviço
que dá tranquilidade, pois acalma o atendimento das unidades de saúde
e é uma forma da Prefeitura de atender o seu cidadão de perto”,
pontuou Adeliana.

LIMPEZA DAS RUAS

Preocupados com a higienização dos espaços públicos, diversas
pessoas questionaram as ações de limpeza das ruas. “Com muitas
pessoas em casa, o consumo de água subiu 50% nas residências. Então
para não faltar na casa das pessoas, a Prefeitura fará a lavação
somente na frente do CATI, em frente a UPA da Forquilhinha e em alguns
lugares que houver maior número de pessoas. Reforçando que a
orientação é para que as pessoas fiquem em casa e  evitem circular
pelas ruas”, ressaltou a prefeita Adeliana Dal Pont.

ATENDIMENTO DIFERENCIADO

Na segunda-feira (23), a Prefeitura de São José iniciou o atendimento
de recém nascidos, crianças e gestantes de baixo peso e crianças com
necessidades especiais de forma diferenciadas, para evitar o
deslocamento desnecessário da população até as unidades de saúde.
Os atendimentos estão sendo feitos em domicílio, em serviços como
teste do pezinho e fornecimento de leites e fórmulas especiais nos
endereços de cadastro nas UBSs.

IMPOSTOS

Outra medida que a prefeita Adeliana Dal Pont anunciou foi a
prorrogação do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). De acordo
com o Decreto Municipal Nº 13219/2020, artigo 11, o pagamento de
parcelas com vencimento nos 30 dias após a publicação do decreto,
poderá ser realizado até o dia 30 de dezembro de 2020.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome