Estação de Tratamento de Esgoto de Santo Amaro será duplicada

A capacidade da estação será duplicada, passando de 12 litros por segundo para 24 L/s.

0
107
Créditos da foto: Acervo CASAN

Como parte do Programa de Ampliação do Sistema de Esgotamento Sanitário de Santo Amaro da Imperatriz, já estão em andamento as obras de modernização da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do município da Região Metropolitana. A capacidade da estação será duplicada, passando de 12 litros por segundo para 24 L/s.

A instalação de um novo Decantador Secundário permitirá todas as melhorias operacionais e o aumento da capacidade. A ETE receberá um novo Tanque de Contato para desinfecção do efluente tratado e remoção dos organismos patogênicos e uma unidade de Desaguamento, que reduzirá o volume de lodo gerado durante o tratamento.

“Essa é a principal ampliação e modernização do sistema de esgoto concebido e implantado no município há cerca de 30 anos”, diz o engenheiro Felipe Costa Leite, Gerente de Construção da Companhia. “A implantação de novos equipamentos, a substituição de outros, a construção de novas unidades e a desativação de outras deixarão essa ETE pronta para o aumento da demanda e o desenvolvimento de Santo Amaro”.

O investimento da CASAN no sistema de Santo Amaro é de R$ 4.729.173,00, recursos financiados junto à Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD). Até o primeiro semestre do próximo ano a cobertura de esgoto do município deverá passar de 69% para 76%, um dos maiores percentuais de Santa Catarina, beneficiando mais 8 mil moradores da cidade.

Assim que a Companhia receber autorização da Prefeitura Municipal, serão iniciadas também as obras de ampliação da rede. Serão assentados mais 4.878 metros de tubulação de coleta e 843 metros de emissários terrestres condutores do esgoto até a Estação.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome