Centros de Convivência de Florianópolis mantêm acompanhamento remoto em meio à pandemia

Os seis Centros da administração municipal montaram grupos em WhatsApp e se encontram em outras plataformas online, com os pais e as crianças, para discutir diversos temas para garantir proteção social para esse público

0
56

Desde o começo da pandemia do novo coronavírus, as equipes dos Centros de Convivência e Fortalecimento de Vínculos de Florianópolis tem atuado para manter o acompanhamento das crianças que frequentam os espaços. Os seis Centros da administração municipal montaram grupos em WhatsApp e se encontram em outras plataformas online, com os pais e as crianças, para discutir diversos temas para garantir proteção social para esse público.

No Centro de Convivência do Itacorubi, uma das atividades propostas foi falar sobre a importância dos animais de estimação na convivência familiar. A equipe conversou sobre os cuidados com os bichinhos, e os pequenos enviaram fotos dos seus animais, ou fizeram desenhos sobre os mesmos. A atividade tinha objetivo de fortalecer vínculos dentro do convívio familiar das crianças e manter o contato com a equipe.

No Centro de Convivência da Costeira outra iniciativa relacionada aos animais surgiu. A equipe preparou um projeto que dá comida e água para animais de rua do bairro. Com o nome “KitPet” a inciativa conta com uma escala, para evitar aglomeração, onde duas crianças acompanhadas de responsáveis levam comida e água para os animaizinhos. Além da alimentação a equipe trabalha diariamente o cuidado com animais de estimação e sua importância.

Os projetos dos espaços levam brincadeiras, conversas e continuam acompanhando as famílias em vulnerabilidade social. Os espaços estão sem atendimento presencial pois funcionam sempre no contraturno escolar, sem aulas o Centro não está funcionando fisicamente, mas as assistentes sociais e outros profissionais continuam acolhendo a população atendida no local.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome