Prefeito Gean entrega ordem de serviço para engordamento da Praia de Canasvieiras

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, vai dar ordem de serviço pra iniciar a obra do engordamento da praia de Canasvieiras nesta quarta-feira (21), às 9h30

0
539

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (sem partido), vai dar ordem de serviço pra iniciar a obra do engordamento da praia de Canasvieiras nesta quarta-feira (21), às 9h30. O ato será na “Sabor Pizza”, no bairro. O Instituto do Meio Ambiente do Estado de Santa Catarina (IMA) emitiu a licença final de autorização nesta terça (20).

“Nossa equipe trabalhou incansavelmente todos os dias para obter essa autorização e darmos início, finalmente, a essa obra tão importante para a nossa cidade, tanto no aspecto turístico quanto de oportunidades e geração de renda para a próxima temporada de verão. É uma obra histórica e pioneira em Florianópolis”, acrescenta o prefeito Gean Loureiro.

O projeto a ser executado em um prazo de até 120 dias pela empresa DTA Engenharia Ltda prevê o “engordamento” da praia de Canasvieiras no trecho que vai de Canajurê até o Rio do Brás, beneficiando 2.325 metros. A estimativa é a de que a orla receba um volume total de 344.685,97 m³ de areia fina de cor e espessura semelhantes à existente, material que será dragado de jazida submarina localizada a uma distância de 1,4 km da praia. Com isso, a faixa de areia utilizada para lazer passará a ter, inicialmente, em torno de 40 a 50 metros de largura, e de 30 a 35 metros, quando estabilizada. A obra tem investimento de R$ 10.517.610,60.

LICENÇA DO IMA

O IMA emitiu nesta terça-feira a Licença Ambiental de Instalação (LAI) para o projeto de engordamento da Praia de Canasvieiras. A licença possibilita o início das obras de alimentação artificial da orla.

Para a emissão da Licença Ambiental de Instalação, a segunda de três licenças que são necessárias para a operação do projeto, a equipe do IMA realizou uma força tarefa, convocando, inclusive, reunião extraordinária da Comissão Regional de Licenciamento. Após a entrega de boa parte da documentação no final de julho e o restante em agosto, os técnicos realizaram a análise de forma célere visando a importância do projeto para a região Norte da Ilha.

A próxima etapa é a Licença Ambiental de Operação (LAO) que deve ser solicitada durante o prazo de validade da LAI, 24 meses. Após cumpridas as condicionantes ambientais, o IMA emite a LAO, terceira e última licença necessária para o empreendimento.

O Projeto

Em Florianópolis, a proposta de engordamento da Praia de Canasvieiras, uma das mais procuradas do litoral catarinense, consiste na execução de um aterro hidráulico, ao longo de toda a orla, numa extensão total de 2.325 metros. Com isso, a faixa de areia chegará a ter, inicialmente, em torno de 40 a 50 metros de largura e, depois de estabilizada, de 30 a 35 metros. A área para o aterro será proveniente de uma jazida submersa situada na mesma baía, a cerca de 1,5 km da praia.

O projeto prevê ainda que a obra seja concluída em quatro meses. Para a execução da mesma, o Instituto estabeleceu a realização de 44 condicionantes, entre elas, Programa de Recuperação de Áreas Degradadas, Programa de Controle Ambiental de Dragagem, Programa de Recuperação da Restinga, Programa de Monitoramento da Biota Aquática, Programa de Monitoramento da Avifauna, Programa de Monitoramento da Qualidade das Águas e dos Sedimentos, Programa de Monitoramento do Perfil Praial e da Linha de Costa, entre outros.

Serviço
O quê: Ordem de serviço para o alargamento da faixa de areia de Canasvieiras
Quando: Quarta-feira (21), às 9h30min
Onde: Sabor Pizza – R. Me Maria Villac, 1378 – Canasvieiras