Parque Ambiental dos Sabiás recebe alunos do município de Antônio Carlos

O parque é um espaço para realizar passeios ao ar livre, piqueniques, pesquisas científicas e atividades de educação ambiental em São José

0
454
FOTOS: DIVULGAÇÃO SECOM/PMSJ

Está procurando uma ampla área verde para passar momentos de lazer com
a família? O Parque Ambiental dos Sabiás, conhecido por abrigar o
Horto Florestal de São José, uma trilha ecológica com cerca de 1.660
metros, açude e viveiro com mais de 40 mil mudas de espécies nativas
da Mata Atlântica, é o espaço é ideal para realizar passeios ao ar
livre, piqueniques, pesquisas científicas e atividades de educação
ambiental em São José.

Nesta quinta (5) e sexta-feira (6), o parque recebeu a visita das turmas
do 4º ano do Colégio Estadual Altamiro Guimarães e da Escola
Municipal Dom Afonso Niehues, do município de Antônio Carlos, que
participam do projeto Fiscal Mirins. O objetivo é desenvolver nos
alunos o conhecimento teórico e prático, instruir para a
fiscalização ambiental e apresentar os seus direitos e deveres como
cidadãos.

“A ideia é despertar nos pequenos a consciência ambiental e fazer
com que eles percebam que preservar a natureza é fundamental para que
possamos manter saudável o meio ambiente que vivemos e,
consequentemente, fazer com que estas crianças se transformem em
multiplicadores de informação entre os pais, amigos e familiares”,
comenta o coordenador do parque, Valdenir Pauli, que recebeu os alunos
durante a visita juntamente com a estagiária de biologia Maria Luiza
Dutra.

Além de ser uma área de preservação e pesquisas, o parque também é
um local de aprendizagem para a comunidade, pois abriga a Escola
Municipal do Meio Ambiente, unidade que faz parte da rede municipal de
ensino de São José e que atua na área de educação ambiental levando
conhecimento a milhares de crianças.

“A escolha do parque para esta atividade extraclasse se deu pelo fato
deste espaço ser considerado um dos mais ricos em biodiversidade da
região, o que proporciona para os alunos experiências únicas de
aprendizagem, que poderão ser reforçadas em sala de aula para
aprofundar tudo o que foi visto aqui”, avalia a professora do Colégio
Estadual Altamiro Guimarães, Danúbia da Silveira, juntamente com a
fiscal de Vigilância Sanitária de Antônio Carlos, Maria Carolina
Mannes, e a _extensionista_ da Epagri, Marli Guesser, que acompanharam
as visitas.

Os estudantes ficaram encantados e puderam conhecer de perto as belezas
do parque, que é uma das principais áreas de conservação ambiental
de São José. “Eu gostei muito de conhecer o parque, ver de perto
animais que eu não conhecia, como o cisne e a gralha-azul. Foi muito
divertido”, afirmou o aluno Henrique Schneider, de 9 anos.

“Eu achei a trilha linda, gostei de ver as árvores, ver os frutos e
as folhas delas bem de perto. Aprendi que todos os animais e plantas
têm o seu papel, que devemos sempre ajudar a preservar e evitar jogar
lixo para não poluir a natureza”, contou a aluna Geovana Naumeurer,
de 9 anos.

A superintendente da Fundação Municipal do Meio Ambiente e
Desenvolvimento Sustentável (FMADS), Fernanda Diniz Farias, destaca que
o Parque Ambiental dos Sabiás está recebendo melhorias para receber
moradores e turistas com todo o conforto e qualidade. “O parque tem
sido um espaço muito procurado pela população, principalmente, depois
que começou a abrir aos sábados. Desta forma, estamos realizando
melhorias, instalando novo mobiliário com lixeiras e bancos para que
ele fique cada vez mais atrativo e aconchegante aos visitantes”,
explica Fernanda.

FOTOS: DIVULGAÇÃO SECOM/PMSJ

O Parque Ambiental dos Sabiás fica localizado na Rua Francisco Ignácio
do Nascimento, no bairro Forquilhas, próximo ao CEM Santa Terezinha e
fica aberto de segunda a sexta, das 8h às 17h, e, aos sábados, das 9h
às 16h. A entrada é gratuita e mais informações podem ser
encontradas pelo telefone: (48) 3381-0000 ramal 2574 ou (48)
9.84125810.