Câmara Municipal de São José realiza Sessões Ordinárias em dias seguidos

Em Tribuna, parlamentares debateram sobre diversos assuntos

0
161
Ver. André criticou fila em posto de saúde

Em virtude do dia do servidor, na segunda-feira (28), a Câmara
Municipal de São José promoveu duas Sessões Ordinárias nesta semana:
uma na terça e outra na quarta-feira. Em datas seguidas, assuntos não
faltaram aos parlamentares durante o Expediente e Explicações
Pessoais.

Dos 19 vereadores josefenses, nove usaram a Tribuna na terça-feira e
outros sete falaram na Sessão de quarta-feira.

Inicialmente, o vereador Edilson Vieira (PSDB) falou sobre estado
“lastimável” do Rio Araújo, um dos mais poluídos de São José.
Parlamentar apresentou fotos do rio e citou reunião pública, em 7/11,
com finalidade de obter encaminhamentos para despoluir o local.

Em seguida, o vereador Roinoldo Neckel (DEM) elogiou as diretoras do
Colégio Altino Flores, ressaltando competição de xadrez que reuniu
dezenas de alunos no final de semana.

Ainda durante o Expediente, o vereador Orvino Coelho de Ávila (PSD)
pediu que as autoridades tenham mais consciência com São José,
citando obras como a alça de contorno. “Do jeito que está, fica pronta
em 2040”, disse.

Por fim, o vereador Alexandre Rosa (DEM) mostrou imagens de árvore
sobre a calçada na rua Bom Pastor, a qual atrapalhava o tráfego e ir e
vir da população, mas foi retirada pela SUSP, merecendo elogios do
parlamentar.

A terça-feira, no entanto, ainda teria diversos oradores em Tribuna. Em
Explicações Pessoais, o vereador Sanderson de Jesus (MDB) lamentou
vendaval que destelhou prédio próximo ao shopping Itaguaçu e até
parte do Centro Multiuso em São José.

Já o vereador Michel Schlemper (MDB) ratificou o planejamento
estratégico proposto pela atual Mesa Diretora e disse não abrir mão
do Parlamento independente. “Dou todas as condições de trabalho aos
demais pares”, ressaltou.

Ainda em Explicações Pessoais, o vereador Carlos Eduardo Martins (PSD)
mencionou as oficinas e a importância de crianças assistirem a peças
teatrais nos equipamentos públicos de São José.

Por fim, o vereador André Guesser (PDT) criticou situação do posto de
saúde do bairro Bela Vista, fechado para reunião interna das 12h às
14h. Parlamentar pediu planejamento ao mostrar foto de fila grande no
entorno do local. Já a vereadora Cristina de Sousa (PRB) destacou
reunião no Kobrasol acerca da segurança pública e Zona Azul.

Quarta-feira
No dia seguinte, novamente na Tribuna, o vereador Alexandre Rosa (DEM)
citou intervenções na rua Elias Merise, agradecendo intervenção da
Secretaria de Segurança Pública, mas pedindo melhorias no local.

Em sequência, o vereador André Guesser (PDT) lamentou que o Portal da
Transparência do Executivo não disponibilize contratos com prestadores
de serviços.

Já o vereadores Caê Martins (PSD) destacou área no Bela Vista que
está sendo usada pela população como um “lixão”. Complementando a
preocupação do parlamentar, o vereador Michel Schlemper (MDB) fez uso
da palavra para explicar a situação do terreno e sinalizar posição
da SUSP em implantar ecopontos em São José.

Da mesma forma, a vereadora Cristina de Sousa (PRB) elogiou os
profissionais e voluntários envolvidos na semana do Lixo Zero que
realizou eventos de limpeza e conscientização na Beira-Mar, entre
outras localidades.

Por fim, fizeram uso da Tribuna, em Explicações Pessoais, os
vereadores Sanderson de Jesus (MDB) e Roinoldo Neckel (MDB), destacando
mau planejamento da estruturação de Barreiros e modificações no
trânsito em Campinas, respectivamente.

A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda-feira, 4, a partir das
16h.