Casan e Prefeitura de Florianópolis lançam Trato pelo Rio Capivari

Objetivo do programa é a fiscalização e conscientização que objetiva reduzir a contaminação desse rio localizado na praia dos Ingleses

0
300

Foi lançado na manhã de sexta-feira (8), na Prefeitura de Florianópolis, o Trato pelo Capivari, programa de fiscalização e conscientização que objetiva reduzir a contaminação desse rio localizado na praia dos Ingleses.

Pelo programa, a CASAN se propõe a liderar os serviços de fiscalização e diagnóstico de ligações de esgoto em imóveis localizados na região. A licitação para escolher a empresa que vai operar o Projeto já está em andamento, devendo as propostas serem conhecidas no próximo dia 26.

O Programa conta com envolvimento da Prefeitura através do Grupo Sanear, que reúne também a Secretaria Municipal de Infraestrutura, a Vigilância Sanitária e Floram.

Chefe da Agência CASAN de Florianópolis, o engenheiro Francisco Pimentel fez uma explanação do projeto, relacionando as ações técnicas e de educação ambiental. Com 10 equipes de fiscalização, um engenheiro e apoio de assistentes sociais, o Trato tentará reduzir irregularidades constatadas por vistorias do Programa Se Liga na Rede. Mais de 6 mil pontos serão vistoriados nos próximos oito meses.

“Este projeto pretende envolver toda a sociedade”, disse a Diretora-Presidente da CASAN, engenheira Roberta Maas dos Anjos. “A conscientização da população é fundamental para o sucesso das ações, além da fiscalização intensiva e vistoria das estruturas de Saneamento da região”.

O Trato pelo Capivari contempla um braço de educação e conscientização ambiental, com equipes para promover ações junto a moradores e veranistas dos Ingleses, em ruas, praia, creches e escolas, entidades de classe e associações, bares, restaurantes, baladas e em outros pontos.

O secretário Municipal de Infraestrutura, Valter Gallina, e o prefeito Gean Loureiro elogiaram a proposta apresentada, mas solicitaram novas ações técnicas à Companhia, dando exemplo da estratégia utilizada há três anos na região do Rio do Braz, em Canasvieiras, onde está instalada uma Unidade de Recuperação Ambiental (URA).

“Conheço bem o Capivari e toda a comunidade dos Ingleses, sei que todos vão colaborar com o Trato, mas o estado ambiental do rio exige esforços extras de todos nós”, observou o prefeito. O vice-prefeito, João Batista Nunes, observou que a fiscalização precisa ser bem mais incisiva, com autuações imediatas e, se possível, mais altas para eventuais infratores.

REDE E ESTAÇÃO

O Trato pelo Capivari é uma ação complementar ao Sistema de Esgotamento Sanitário (SES) que está em execução nos Ingleses, previsto para entrar em operação em 2020. Com investimento superior a R$ 84 milhões, a obra já está com cerca de 80% da rede implantada.

A Estação de Tratamento de Esgoto deve ficar pronta no primeiro semestre do próximo ano. “Esse empreendimento só se transformará em um benefício à saúde pública se os proprietários fizerem a adequada ligação de seus imóveis à rede de esgoto que está sendo implantada”, diz o engenheiro Fábio Krieger, Diretor de Operação e Expansão da Companhia.

Fotos: Acervo CASAN