Prefeitura da Capital restringe visitas em asilos para garantir a não contaminação por coronavírus

Idosos estão no grupo de pessoas mais vulneráveis, portanto, é indicado que as visitas sejam evitadas

0
272

A Prefeitura de Florianópolis emitiu comunicado sobre cuidados essenciais voltado aos serviços de Assistência Social da Cidade. Entre eles estão serviços de acolhimentos de idosos, pessoas em situação de rua e crianças e adolescentes.

Idosos estão no grupo de pessoas mais vulneráveis, portanto, é indicado que as visitas sejam evitadas. A recomendação é estendida a todos os outros serviços e demais ocasiões sociais onde pessoas que apresentam os sintomas não devem frequentar eventos, mas sim buscar orientação médica.

A partir de segunda-feira, 16/03, o Alô Saúde Floripa começará a funcionar através de chat e video chamada através do aplicativo Alô Saúde Floripa (disponível para iOS e Android), chat e informações através do site www.alosaudefloripa.com.br ou 0800.333.3233. A administração municipal orienta que a pessoa que suspeite de infecção busque a orientação médica por meio desse serviço, ao invés de se dirigir presencialmente a uma unidade de saúde, evitando dessa forma, a disseminação do Coronavírus caso esteja infectada.

“Os serviços continuarão funcionando amplamente garantindo o direito dessas pessoas. As medidas são as extensões destes direitos. Agora é o momento de fortalecermos e integrarmos a rede socioassistencial de Florianópolis “, comenta a secretária de Assistência Social de Florianópolis Maria Cláudia Goulart da Silva.

Todos os casos suspeitos nos serviços de acolhimento serão informados à Secretaria Municipal de Saúde e a todos os órgãos competentes para orientação e acompanhamento de qualquer pessoa que apresente os sintomas.

CLIQUE E VEJA ABAIXO AS ORIENTAÇÕES:

OrientacoesServiçosAssistencia