Comcap começa retomada gradativa da coleta seletiva

A partir desta terça (28) será feita seletiva noturna no triângulo central, entre avenidas Mauro Ramos, Gustavo Richard e Beira Mar Norte

0
622

O presidente da Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap, Lucas Arruda, informa que a coleta seletiva domiciliar será retomada de forma gradativa em Florianópolis a partir desta semana. Desde 19 de março, por medida de enfrentamento à pandemia de Covid-19, foi mantida na Capital apenas a modalidade de entrega voluntária de recicláveis em Ecopontos e PEVs de Vidro.

A partir desta terça (28) passará a ser feita a coleta seletiva domiciliar noturna no triângulo central da cidade, compreendido entre as avenidas Mauro Ramos, Gustavo Richard e Beira Mar Norte. De domingo a sexta-feira, a partir das 19h, usuários desta região central devem dispor os resíduos recicláveis (embalagens de vidro, metal e plástico e papel) em sacos claros para a coleta seletiva da Comcap. Papelão deve ser enfardado.

Em duas semanas, devem ser ampliados os roteiros de coleta seletiva domiciliar nas regiões centrais e continentais mais adensadas. Para isso, a Comcap terá de conseguir flexibilizar sentença judicial que afastou 387 empregados mais vulneráveis à Covid-19, entre pessoas com mais de 60 anos e todos diabéticos e hipertensos. A Comcap vai recorrer quanto aos motoristas apenas, não sobre garis ou auxiliares operacionais, pelo risco de descontinuar serviços essenciais como o da coleta.

Pela decisão judicial provocada pelo Sintrasem, estão afastados 46 motoristas da Comcap. Com remanejamento de pessoal, estão sendo cumpridos normalmente os 52 roteiros diários de coleta convencional, mas não há efetivo para normalização da coleta seletiva.

O restabelecimento completo da coleta seletiva domiciliar depende da reabertura em condições sanitárias dos galpões de triagem, do restabelecimento do transporte coletivo e da recomposição do quadro funcional da Comcap prejudicado pela decisão judicial cumprida integralmente desde 20 abril.

A Comcap orienta o usuário a manter os resíduos recicláveis limpos e com volume reduzido no domicílio ou praticar a entrega voluntária na sua rede de seis Ecopontos (Itacorubi, Morro das Pedras, Canasvieiras, Saco dos Limões, Capoeiras e Monte Cristo) e de 38 pontos de entrega voluntária (PEVs) de vidro.

Durante o mês de abril, foram recebidas 70 toneladas de materiais recicláveis, o que equivale à produção de apenas um dia da coleta seletiva antes da pandemia. Em 2019, por exemplo, a Prefeitura de Florianópolis, por meio da Comcap, doou 12 mil toneladas de materiais recicláveis para associações de triadores, movimentando em torno de R$ 4,5 milhões na Grande Florianópolis entre o que economizou em custos públicos com aterro sanitário e o que gerou de renda para famílias de catadores.

Máscaras descartáveis são rejeito, devem ser dispostas em sacos bem fechados, junto com lixo de banheiro, para a coleta convencional.

Central de Atendimento/Ouvidoria da Comcap fones 0800 643 1529 (não atende celular) 3271 6841, e-mail ouvidoria.comcap@pmf.sc.gov.br e WhatsApp 98482 9617.