Professora do Senai SC participa de projeto de portal de desinfecção

O protótipo é uma adaptação simplificada dos já existentes túneis de desinfecção e começou a ser desenvolvido durante o Techstars Global Startup Weekend Online.

0
289

Professora do Senai de São João Batista, na Grande Florianópolis,
Priscila Motter foi uma das integrantes de um grupo que reúne também
profissionais do Findeslab, hub de inovação ligado à Federação da
Indústria do Espírito Santo, e que produziu um portal de desinfecção
para combate ao Coronavírus em ambientes industriais. O equipamento vai
ser testado inicialmente em uma empresa capixaba.

O protótipo é uma adaptação simplificada dos já existentes túneis
de desinfecção e começou a ser desenvolvido durante o Techstars
Global Startup Weekend Online, evento nacional que teve como foco o
desenvolvimento de soluções de enfrentamento à COVID-19. O grande
diferencial do produto em teste é o custo de produção – inferior a
R$ 1000. Além de Priscila, que é engenheira de segurança do trabalho,
a equipe responsável pelo portal tem como integrantes as engenheiras
químicas Naiara Galliani, Raiane Reinholz e Ana Amaro e o engenheiro
mecânico Allan Canal.

O funcionamento do portal é simples. Posicionado nas entradas e saídas
do ambiente de trabalho, os equipamentos liberam uma solução de 0,1%
de hipoclorito de sódio sobre quem passa no local. Segundo a Agência
Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), ainda não há
comprovação científica da efetividade do uso do produto no combate ao
vírus.