Centro de Referência de Sintomáticos Respiratórios atende mais de 3,5 mil pessoas em São José

A central funciona diariamente no CATI, das 7h às 19h, para acolhimento, triagem e consulta com médicos.

0
351

O Centro de Referência de Sintomáticos Respiratórios de São José
foi instalado há dois meses no Centro de Atenção à Terceira Idade
(CATI) para realizar o acolhimento, triagem e consultas com médicos,
além de evitar que pacientes com sintomas da Covid-19 ou doenças
respiratórias se dirijam às unidades de saúde aumentando o risco de
transmissão do vírus. Até o momento foram realizados cerca de 3,5 mil
atendimentos no local. A central, que conta com profissionais médicos e
enfermeiros, funciona diariamente das 7h às 19h.

Dos atendimentos realizados no Centro de Referência, 1,5 mil foram
atendimentos médicos e 1,4 mil foram orientações por telefone. Neste
período, foram realizadas 300 notificações de casos suspeitos, 200
orientações presenciais que não necessitaram de atendimento médico,
17 intercorrências clínicas e nove casos foram transferidos para
hospitais ou para a UPA.

A Central é formada por uma equipe capacitada de profissionais médicos
e enfermeiros, devidamente preparada para atender pacientes com
suspeitas de contágio. “Analisando os meses de março e abril,
podemos ver como a procura diminuiu e o número de casos também. A
estratégia de retirar os pacientes sintomáticos ou com doenças
respiratórias das unidades de saúde, reduzindo a circulação do
vírus, teve um resultado extremamente positivo”, avalia a secretária
de Saúde, Sinara Simioni.

De acordo com a prefeita Adeliana Dal Pont, a central telefônica Ligue
Saúde São José também ajudou nesse processo, orientando a
população e evitando o deslocando desnecessário às unidades de
saúde. “Desenvolvemos uma série de estratégias para continuar
atendendo a população sem sobrecarregar as unidades de saúde. Neste
sentido, a central montada no CATI tem um papel importante como local de
referência para avaliação e atendimento das pessoas com sintomas
compatíveis com o Coronavírus”, destaca a prefeita.

São considerados casos suspeitos pessoas que apresentem sintomas como
tosse, febre acima de 37,8, dor de garganta, coriza, dor de cabeça,
dificuldade para respirar, cansaço, dores musculares e que viajaram
recentemente ou tiveram contato com alguém que viajou. Os moradores de
São José que apresentarem um ou mais destes sintomas devem procurar o
CATI ou entrar em contato pelo Ligue Saúde São José: 0800 580 3610.