Palhoça faz campanha para arrecadar ração para animais de rua

Devido à pandemia do novo coronavírus, cães e até gatos, que antes se alimentação de restos de sobras de comida em restaurantes, lanchonetes e padarias, agora estão passando fome.

0
364

A Prefeitura de Palhoça lançou uma campanha de arrecadação de
ração para animais abandonados no município, onde, segundo
estimativas, cinco mil deles sobrevivem precariamente nas ruas. A
mobilização é coordenada pela Diretoria de Bem Estar Animal, da
Secretaria Municipal de Defesa do Cidadão.

A situação desses animais se gravou com a pandemia do novo
coronavírus, justamente porque uma grande maioria deles, cachorros e
até gatos, dependiam de restos de comida de restaurantes, padarias e
pessoas que os alimentavam nas ruas. Como essa fonte de alimentação
secou, agora, esses animais estão passando fome e muitos somente
sobreviverão se forem recolhidos, imediatamente. Mas, a ação massiva
de recolhimento desses animais gera um outro problema, que é a
superlotação nos abrigos improvisados e a escassez de alimentação.
Isso porque as cuidadoras trabalhavam com uma estimativa de estoque de
ração, com base na população regular de animais de rua e não
poderia prever o fenômeno da pandemia.

Então surge a necessidade urgente de apoio, na forma de ajuda às
protetoras que fazem o trabalho de resgate e tratamento desses aninais.
Hoje são mais de 70 protetoras cadastradas na Diretoria de Bem Estar
Animal, pessoas abnegadas, que fazem um trabalho de excelente desempenho
no município, define o secretário de Defesa do Cidadão, João
Gonçalves Neto.

O secretário informa que os interessados em participar da campanha de
doação de ração podem entrar em contato com a Diretoria de Bem Estar
Animal, por meio do telefone 3242-1512. Após a confirmação da
doação, um veículo da Secretaria de Defesa do Cidadão irá até o
local indicado para recolher a ração.