Bairros do Sul da Ilha são alvo de fiscalização semanal contra esgoto irregular

Força-tarefa da Prefeitura e da Casan vistoriou imóveis no Campeche, Rio Tavares e Morro das Pedras, além do Córrego Grande

0
377

Força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis (PMF) e da Casan se voltou ao Sul da Ilha de Santa Catarina e fiscalizou, nesta semana, imóveis nos bairros Campeche, Rio Tavares e Morro das Pedras, antes de retomar trabalhos contra esgoto irregular no Córrego Grande.

O primeiro dia de operações da Blitz Sanear, segunda-feira (15/06), foi no Campeche. Na Rua Maria Pires Linhares, entre a Avenida Pequeno Príncipe e a Lagoa da Chica, um dos 17 apartamentos de um condomínio despejava esgoto na rede pluvial em frente ao imóvel. A ligação será lacrada. Outro condomínio, localizado na Servidão Aristides Costa, também apresentava contribuição irregular na drenagem. A Vigilância Sanitária requereu o Habite-se nos dois casos.

Na mesma servidão, a Blitz Sanear flagrou imóvel multifamiliar jogando esgoto da máquina de lavar a céu aberto, com intimação da Vigilância Sanitária contra o proprietário para que regularize o sistema. Ainda no Campeche, um morador da Servidão das Palmeiras lacrou a rede pluvial em frente a sua casa. A Intendência fará a desobstrução.

No dia seguinte, a força-tarefa continuou os trabalhos no Sul da Ilha, com fiscalizações no Rio Tavares e no Morro das Pedras. No primeiro bairro, a Blitz constatou a existência de prováveis ligações irregulares abaixo da Servidão Teixeira, que precisará ser aberta.

Mais ao Sul, no Morro das Pedras, foi identificado lançamento de esgoto em vala na Rodovia “Seu Chico” Francisco Thomaz dos Santos, próximo a um supermercado. A Secretaria de Obras da PMF terá que fazer a manutenção da rede de drenagem, danificada pelas contribuições clandestinas.

Por fim, na quarta-feira (17/06), a equipe do Grupo Sanear Floripa – formada por fiscais e técnicos da Vigilância Sanitária, Floram, Casan, Secretaria de Infraestrutura e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelos programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari – voltou ao Córrego Grande, um dos alvos de operação na semana passada.

Três imóveis fiscalizados na Servidão Laurentino da Silva e um na Servidão Maria Juliana Cordeiro serão notificados pela Vigilância Sanitária por não estarem conectados à rede pública de esgoto – responsabilidade, quando há rede ativa, do próprio morador.

Blitz Sanear – A Blitz Sanear é uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan, realizada por meio do Grupo Sanear Floripa, com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Com mais de 80 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, condomínios e edifícios em mais de 30 localidades de Florianópolis. Na semana passada, o grupo fez operações em Santo Antônio de Lisboa, Córrego Grande e Lagoa da Conceição.