Casal é preso em flagrante ao aplicar golpe milionário em comerciante de Palhoça

Na segunda-feira (22), a vítima foi novamente procurada pelo autor, agora diretamente, não mais pelo setor financeiro da empresa

0
1242

A Polícia Civil, através do Setor de Investigação Criminal (SIC) da Delegacia de Polícia da Comarca de Palhoça (DPCo), prendeu em flagrante um casal por um golpe milionário contra um comerciante, vítima de suposta dívida oriunda de uma empresa de telefonia. O valor total do golpe será apurado até a conclusão dos trabalhos investigativos, mas estima-se que possa chegar aos R$ 2 milhões.

Segundo a delegada de polícia Carolina Quintana Guedes, que coordenou as investigações, o golpe consistia em cobrar da vítima uma suposta dívida, oriunda de uma empresa de telefonia, cujos valores eram referentes a multas e juros de um suposto plano, o qual a vítima nunca contratou.

No entanto, explica a delegada, induzido ao erro o setor financeiro da empresa realizava os pagamentos. Foram transferidos durante um ano para o autor do golpe, valores que ultrapassam R$ 1 milhão. O dinheiro arrecadado era usado na compra de imóveis, veículos de luxo e outros bens. Tudo era colocado em nome da esposa do autor do golpe.

Na segunda-feira (22), a vítima foi novamente procurada pelo autor, agora diretamente, não mais pelo setor financeiro da empresa. A Polícia Civil já estava investigando o golpe e prendeu o autor em flagrante, que confessou o crime.

Durante as diligências foram apreendidos folhas de cheque e dinheiro, totalizando cerca de R$ 1 milhão. E, ainda, foram apreendidos veículos e objetos provenientes do crime de estelionato. O casal foi autuado em flagrante e vai responder por estelionato e lavagem de dinheiro. Os dois foram colocados à disposição da Justiça, assim como encaminhadas as representações pelas suas prisões.