Prefeitura de Florianópolis implanta quase 40 mil processos digitais em quatro meses

Foi reduzido o tempo de ajuizamento dos processos seja reduzido em 97,34%. Antes, os processos físicos poderiam demorar em média 276 dias para serem ajuizados. Agora, com a digitalização, esse tempo foi reduzido para cerca de três dias

0
150

A Procuradoria Geral da Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria Municipal da Fazenda, tem implementado processos digitais dos cidadãos da Capital. Essa nova realidade faz com que o tempo de ajuizamento dos processos seja reduzido em 97,34%. Antes, os processos físicos poderiam demorar em média 276 dias para serem ajuizados. Agora, com a digitalização, esse tempo foi reduzido para cerca de três dias.

Até o momento, quase 40 mil processos já passaram por digitalização desde março deste ano, o que, além de ajudar na desburocratização, gera economia aos cofres públicos pela não utilização de papel e também facilidade aos cidadãos, com a diminuição do custo de documentos físicos, agilidade, praticidade e menos espera pelo tempo de despacho.

Com a digitalização dos processos, outra vantagem que ocasionam em melhorias no funcionamento da prefeitura ainda é a otimização do trabalho dos servidores, que agora têm maior facilidade em realizar o despacho ou mesmo fazer pesquisas em arquivos. Além disso, a questão da diminuição de papel, além de ser benéfica financeiramente, também ajuda na preservação do meio ambiente.

O Secretário municipal da Fazenda, Constâncio Alberto Salles Maciel, afirma que o município só tem a ganhar com a modernização.  “De alguma forma, essa mudança impacta em praticamente todos os setores da cidade, desde economia de materiais, gasolina do transporte desses documentos, até ao meio ambiente. A digitalização é uma solução que veremos os benefícios à curto e longo prazo para a prefeitura e para os cidadãos de Florianópolis”.