Clubes que disputarão as finais do Catarinense já foram testados para a Covid-19

BiomeHub é a responsável pela aplicação dos testes em sete times desta fase do campeonato. Partidas ocorrem nesta quarta e quinta-feira, dias 29 e 30

0
161

A startup BiomeHub, spin-off da empresa de biotecnologia Neoprospecta, é a responsável pela testagem para a Covid-19 de sete dos oito clubes que disputam as quartas de final do Catarinense de Futebol. Os jogos de volta foram autorizados pelo Estado e ocorrem nesta quarta e quinta-feira, dias 29 e 30. Os testes aconteceram segunda e terça (27 e 28). Ao todo, foram realizados perto de 300 testes nos jogadores, comissão técnica e dirigentes de Figueirense, Juventus, Criciúma, Marcílio Dias, Brusque, Joinville e Avaí.

Uma portaria divulgada na segunda-feira, dia 27, pelo Governo do Estado de Santa Catarina, estabeleceu normas de segurança para a retomada do Catarinense. A principal delas é que os clubes devem ser testados no máximo 72h antes de cada partida e os infectados devem ser afastados para cumprir quarentena. A BiomeHub também ficou responsável pela testagem das quatro comissões de arbitragem – ao todo 20 juízes e auxiliares – desses confrontos e também das equipes do Tubarão e Concórdia, que no sábado fazem o jogo de ida da disputa para fugir do rebaixamento.

Os testes aplicados pela a BiomeHub para detecção da presença do vírus são do modelo RT-PCR, também chamados de moleculares. Eles são os mais sensíveis e precisos para identificar a presença do vírus em um indivíduo contaminado.

Confira aqui a tabela completa dos jogos, que ocorrerão sem a presença de público.