Por hora, emergência pediátrica em São José não será fechada, afirma governador

Em audiência na tarde desta terça-feira (11), o governador Carlos Moisés garantiu o não fechamento da Emergência Pediátrica do Hospital Regional de São José, cogitada nas últimas semanas

0
319
Audiência de vereador e deputado com o governador nesta terça (11)

Sensibilizado com os protestos e liderados pelo deputado estadual Sérgio Motta e o vereador de São José, Antônio Lemos Filho, ambos do Republicanos, o governador Carlos Moisés (PSL) garantiu, em audiência na tarde desta terça-feira (11) o não fechamento da Emergência Pediátrica do Hospital Regional de São José, cogitada nas últimas semanas.

Acompanhados dos médicos pediatras, Edson De Lucca, Chefe da Emergência Pediátrica e Kempes Spencer, os parlamentares reiteraram a importância desse serviço público que atende as crianças de toda Grande Florianópolis sendo que, apenas em 2019, socorreu mais de 50 mil crianças da região.

Após a reunião, o deputado Sérgio Motta se manifestou: “O governador foi sensível ao nosso pedido e conseguimos garantir a permanência do serviço de Emergência Pediátrica para São José e toda região da Grande Florianópolis”.

Afirmou Lemos ressaltou a importância da emergência. “Quem já precisou ter seu filho atendido numa emergência, entende quão importante é essa conquista pra nossa cidade e toda região”, ressaltou.

Lemos foi autor de uma Moção, aprovada por unanimidade na Câmara Municipal de São José, que pedia a permanência do serviço da Ala de Emergência Pediátrica do Hospital Regional de São José.

Na reunião, ainda argumentou o vereador Lemos que, “embora se pensasse em uma possibilidade temporário do fechamento da Emergência Pediátrica, fechar suas portas trariam prejuízos permanentes as crianças, como possíveis casos de morte”.