Tarciano Oliveira se despede da presidência da Acinam e avalia ações dos dois anos de gestão

Direitos do consumidor, engajamento social e valorização da água mineral catarinense foram as principais bandeiras à frente da Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral.

0
111
Tarciano Oliveira - presidente Acinam

A água mineral catarinense pode ser comparada às melhores águas minerais do mundo –  mas nem todo catarinense sabe disso. Desde 2003 à frente de um trabalho de desenvolvimento do setor em Santa Catarina, a Associação Catarinense das Indústrias de Água Mineral (Acinam) passa a ter um novo presidente a partir de 16 de setembro. Sany Marques assume a presidência da entidade no lugar de Tarciano Oliveira, que deixa o
comando da instituição após dois anos de um trabalho constante em busca da valorização do produto catarinense no mercado. “Nos dois anos na coordenação da Acinam, pautamos nossas decisões sempre em busca do fortalecimento da indústria de água mineral
catarinense, hoje uma das melhores do país, e pelos direitos do nosso consumidor. Nossa luta diária é para que todos os catarinenses reconheçam a qualidade do nosso produto”, avalia Oliveira.

Valorização da água mineral catarinense

Tarciano deixa a presidência em plena campanha da entidade pela valorização do produto catarinense. Com o impacto da pandemia no setor, a entidade arregaçou as mangas. Criou a campanha “Vamos ser transparentes – Beba água mineral catarinense” para conscientizar o consumidor como a preferência por produtos locais garante benefícios para toda a comunidade, como a geração de empregos e maior arrecadação de impostos. As peças estão sendo divulgadas em todo o Estado. Segundo Tarciano, a Acinam representa hoje 18 empresas da indústria de água mineral.

Direito do consumidor e a padronização dos vasilhames

Tarciano Oliveira ressalta que, nos últimos dois anos, além de buscar o reconhecimento do produto catarinense, a Acinam assumiu também a bandeira do consumidor do seu produto. Em setembro de 2018, a associação deu início a uma campanha de padronização dos vasilhames para garantir o direito dos consumidores e estimular a concorrência
leal entre as empresas.

Campanha contra a violência à mulher marca engajamento social da Acinam

Consciente da sua presença em milhares de lares catarinenses e com a consolidação dos vasilhames, Tarciano destaca o orgulho da entidade em participar mais uma vez de uma campanha de engajamento social. Para incentivar as denúncias dos casos de violência doméstica, a Acinam lançou em 2019 a campanha “Diga não à violência à Mulher, menos ódio mais amor”. Mais de 1 milhão de adesivos com o número 180 foram colados nos garrafões de 20 litros d’água dos associados de todo Estado para incentivar as denúncias.

Ao lançar a campanha, a Acinam convidou a ativista Maria da Penha, que dá nome à lei de proteção a vítimas de violência doméstica e familiar, para palestrar na Fiesc.

“Foi um ação marcante na qual somos reconhecidos e parabenizados até hoje. É um orgulho para a Acinam ter contribuído para esta causa tão urgente e que merece a atenção de todos”, reflete Oliveira. Pela campanha, a Acinam recebeu o Prêmio Empresa Cidadã, pela ADVB/SC.

A nova gestão

Sany Marques assume a presidência da Acinam pelos próximos dois anos. Um dos principais desafios do novo presidente é dar continuidade às ações de valorização da água mineral catarinense diante de um mercado cada vez mais competitivo.

Os números da Acinam

18 empresas associadas em todo o Estado

2 mil empregos diretos gerados

Crescimento de 15% do setor nos últimos dois anos

Estimativa de 25% de crescimento para os próximos 3 anos