Operação policial mira pornografia infantojuvenil pela internet

De acordo com o Delegado de Polícia Luis Felipe Rosado, quatro pessoas foram presas em flagrante em Biguaçu, São José, Criciúma e Blumenau

0
153

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DRCI/DEIC), deflagrou a Operação “Proteger” na manhã desta quinta-feira (17). A ação visa o combate aos crimes de armazenamento e transmissão de pornografia infantojuvenil pela internet e conta com o apoio do Instituto Geral de Perícias (IGP).

As investigações foram iniciadas a partir de informações da Diretoria de Inteligência da Polícia Civil e culminaram na expedição de nove mandados de busca e apreensão pela Justiça, nas cidades de Florianópolis (03), São José (01), Biguaçu (02), Criciúma (01) e Blumenau (02).

Quatro prisões

De acordo com o Delegado de Polícia Luis Felipe Rosado, quatro pessoas foram presas em flagrante em Biguaçu, São José, Criciúma e Blumenau e diversos materiais foram apreendidos, os quais serão encaminhados ao IGP para a realização das perícias necessárias.

“As prisões em flagrante foram pela prática de armazenamento de conteúdo de pornografia infantojuvenil. Os materiais foram encaminhados ao IGP, que vai realizar as perícias necessárias. As investigações prosseguem”, afirmou o Delegado Luis Felipe Rosado.

A operação contou com o apoio das demais delegacias da DEIC.