Arte e história catarinense são temas de oficina online gratuita oferecida na Fundação Cultural BADESC

Encontros com pesquisadores da Cátedra Unesco, UFSC e UDESC, acontecem de 21 a 26 de setembro, das 15h30 às 17h30.

0
65
A árvore da vontade e do querer (1996) – crédito: Acervo Paulo Gaiad

A Fundação Cultural BADESC, em parceria com pesquisadores da Cátedra Unesco, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), oferece de 21 a 26 de setembro, das 15h30 às 17h30, a oficina virtual “Imagens mediterrânicas e o pathos catarinense: um atlas de memória, arte e história”. Os encontros
são gratuitos e as inscrições para participar são limitadas e precisam ser realizadas por um formulário disponível neste link http://bit.ly/atlasmemoria .

Durante a oficina vão ser debatidas questões presentes na experiência humana e que constituem a memória catarinense. E o objetivo da mesma é a criação de um Atlas imagético de Santa Catarina em relação às imagens das culturas latino-americanas e
mediterrânicas.

A idealização do evento é de pesquisadores da Cátedra Unesco “Mediterranean Cultural Landscapes and Communities of Knowledge” e conta com a coordenação das professoras Aline Dias da Silveira (UFSC) e Thays Tonin (UDESC). A oficina foi selecionada no
Edital Elisabete Anderle 2019 e tem também apoio cultural da Fundação Catarinense de Cultura (FCC).

Dinâmica do evento

Como é uma oficina colaborativa, a participação de todos os inscritos selecionados é muito importante na realização das dinâmicas, que vão ser divididas em três momentos:

Aulas: pesquisadores vão apresentar aulas de 40 minutos e as mesmas vão ser disponibilizadas com 24 horas de antecedência, para que os participantes possam assisti-las no horário que quiserem;

Pesquisa: em um segundo momento, será requisitado aos participantes que façam uma breve pesquisa de imagens na internet. Essa etapa é necessária para a realização da terceira parte da oficina;

Oficina: consiste em uma dinâmica com duração de até 2 horas, onde vão ser discutidos assuntos das aulas e também sobre as imagens coletadas pelos participantes.

Atlas da Memória Catarinense

Ao final dos seis encontros, será elaborada a construção de um possível Atlas da Memória Catarinense, utilizando-se da pesquisa dos mediadores, com as imagens propostas pelos participantes. Este Atlas será enviado para uma apresentação na Itália, para a Cátedra
Unesco.

Serviço: Oficina online gratuita Imagens mediterrânicas e o pathos catarinense: um atlas de memória, arte e história

Data: 21 a 26 de setembro

Horário: 15h30 às 17h30

Local: Plataforma virtual Jitsi

Inscrições gratuitas pelo formulário no link http://bit.ly/atlasmemoria