Núcleo Desenvolver completa 22 anos e promove encontro virtual

Palestra será aberta no dia 1º de dezembro e traz homenagem póstuma para o fundador do projeto.

0
70

A equipe do Núcleo Interdisciplinar de Apoio ao Desenvolvimento Humano (Núcleo Desenvolver), que funciona dentro do setor de Pediatria do Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC), voltado exclusivamente para crianças e adolescentes com dificuldades em aprendizagem, completou 22 anos neste ano e, para marcar a data, foi organizado um evento virtual com palestras sobre este trabalho multidisciplinar e interdisciplinar, que já atendeu mais de mil jovens.

A live que será transmitida pelo YouTube no endereço: youtube.com/acmedicinal, no dia 1º de dezembro, começa às 19h30. A abertura oficial terá como tema “Avaliação multidisciplinar do desenvolvimento: um legado do dr. Álvaro José de Oliveira”, patrono
do Núcleo Desenvolver. A atividade inicial será moderada pela pediatra Cláudia Maria de Lorenzo e terá participação da superintendente do  HU-UFSC, Maria de Lourdes Rovaris, além de representantes da Associação Amigos do HU, Associação Catarinense de Medicina,
Sociedade Catarinense de Pediatria, Secretaria Estadual da Educação e Fundação Catarinense de Educação Especial. No dia 2, também às 19h30, começam as atividades científicas, com o tema “Dificuldades de Aprendizagem (da) avaliação multidisciplinar”.

O evento tem como tema geral “Uma homenagem a Álvaro José de Oliveira, um caso de amor com a vida”. Trata-se de uma homenagem póstuma ao fundador do Núcleo Desenvolver. O Núcleo faz parte da estrutura da Unidade de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente e realiza atendimentos de várias áreas – pediatria, psicologia, psiquiatria, pedagogia, psicopedagogia, assistência social e fonoaudiologia – para fazer um diagnóstico da situação da criança ou adolescente, apontando as causas da dificuldade escolar e
encaminhamento para tratamento.

 Núcleo Desenvolver

O pediatra e professor João Carlos Xikota, chefe da Unidade de Cuidado da Criança e Adolescente do HU-UFSC, disse que o objetivo não é trabalhar somente a situação escolar do adolescente que chega até o núcleo. “Estamos trabalhando com o futuro desta criança e da sociedade, pois um jovem que tem dificuldades na escola vai ser um adulto com dificuldades no mercado de trabalho, por exemplo”, justificou, lembrando que um jovem que desiste da escola gera consequências negativas para si mesmo, para a família e a para a sociedade.

Segundo ele, a ideia do núcleo considera o conceito amplo de saúde – que trata não apenas a questão de enfermidades, mas também o bem-estar social. “Nós trabalhamos para que este jovem se sinta motivado, se sinta inserido na sociedade e descubram que têm potencial”, disse o professor, apontando um quadro na parede do núcleo com imagens de gênios da ciência, como Albert Einstein e Nicolas Tesla, que tiveram problemas de dislexia. As crianças passam por uma série de entrevistas e avaliações – que chegam a 25 sessões, com profissionais de todas as áreas envolvidas – para concluir um diagnóstico diferencial das causas que as levam a não aprenderem e a ter um baixo desempenho escolar.

O núcleo foi criado oficialmente em 04 de setembro de 1998. No HU-UFSC/Ebserh, o acesso ao Núcleo Desenvolver se dá via SISREG (encaminhamentos dos Centros de Saúde), sendo encaminhados crianças/adolescentes de 7 a 12 anos dos municípios da Grande Florianópolis. A equipe multidisciplinar é composta por 02 (dois) médicos pediatras, 01 (um) psicólogo, 01 (uma) pedagoga e 01 (uma) fonoaudióloga, contando ainda com equipes que atuam mediante convênio com a Associação Amigos do HU – AAHU e entidades/organizações parceiras. A dinâmica de atendimento é composta por avaliação
multidisciplinar breve (triagem), avaliação multidisciplinar ampliada, reunião para estudo de casos, elaboração de relatório multiprofissional, entrevista devolutiva para a família.

Esta proposta de avaliação interventiva e de estudo sobre o desenvolvimento humano, diferencial que abrange tanto as áreas da educação, saúde e afins, atende aos princípios de ensino e pesquisa próprios de um hospital universitário, sendo de suma importância que
os conhecimentos produzidos, seja pelos estudos teóricos realizados ao longo dos anos ou pela prática vivenciada nos seus 22 anos de atuação no Estado de Santa Catarina, sejam compartilhados com os profissionais das diferentes áreas, a fim de qualificar a formação profissional em uma perspectiva humanística e integral, princípios norteadores do
trabalho do Núcleo Desenvolver.