Prefeitura de Palhoça e forças de segurança avaliam Operação Verão

Ação conjunta foi decisiva para uma temporada tranquila nos balneários palhocenses

0
73

O prefeito de Palhoça, Eduardo Freccia, recebeu, terça-feira (2), representantes das forças de segurança que participaram da Operação Verão para uma reunião de avaliação do trabalho realizado nesta temporada. A operação conjunta encerrou na última semana e o resultado foi considerado um sucesso, mais uma vez.

Participaram da reunião: o tenente-coronel Rodrigo Dutra, comandante do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sediado em Palhoça; o primeiro-tenente Dany Robson de Souza, comandante da 2ª Companhia do 16º BPM, que atende à região Sul, onde ficam os principais balneários do município; a delegada regional da Polícia Civil, Michele Alves Correa Rebelo; o comandante da 2ª Companhia do 10º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, capitão Marcelo Della Giustina; o secretário municipal de Segurança Pública, Alexandre Silveira de Sousa; o coordenador da Guarda de Trânsito municipal, Tony Anderson; o superintendente de Vigilância Sanitária de Palhoça, Rodrigo Tenfen Legat; o secretário adjunto de Saúde do município, Vitor Dias; o secretário municipal da Fazenda, Pedro Paulo dos Passos Freitas, e a secretária adjunta, Tarsyane Stange; e o presidente da Fundação Cambirela do Meio Ambiente (FCam), Anestor Denoni.

A Operação Verão seguiu os moldes da última temporada, com a utilização do posto da Polícia Civil na Pinheira como base de apoio para o trabalho integrado das forças de segurança. A exemplo do ano passado, foi um verão tranquilo, sem ocorrências de grande ou médio porte. “A cada ano, temos visto que, com essa integração entre as forças, com todos sentados à mesma mesa, pensando juntos e fazendo juntos o que precisa ser feito, a evolução é notória! A cada temporada, temos um resultado melhor. Na rua, os comentários são todos positivos, o que nos deixa muito orgulhosos pelo trabalho realizado, porque é isso que nos satisfaz: o reconhecimento da população, saber que nosso esforço ajudou a comunidade a se sentir segura e protegida”, avaliou o prefeito Eduardo Freccia.

O trabalho começa com o planejamento, meses antes do início da temporada. E nesta Operação Verão, o planejamento precisou ser adaptado a uma nova circunstância: a pandemia de Covid-19, que exigiu a observação de rígidas medidas sanitárias e de distanciamento social. O trabalho de conscientização com relação às medidas de higiene e segurança, com uma abordagem cordial e sensata, trouxe reflexos positivos, a ponto do trabalho integrado ser elogiado por prefeitos de outros municípios.

Entre as ações que contribuíram para esse sucesso da operação, o tenente-coronel Dutra lembrou da fiscalização severa e do importante trabalho de sinalização realizado pelo município de forma antecipada na região dos balneários. Dutra comemorou o fato de que, em duas temporadas consecutivas, nenhuma ocorrência grave foi registrada. “É fruto do nosso planejamento”, analisou o comandante do 16º Batalhão.

O capitão Marcelo, do Corpo de Bombeiros, também comemorou uma temporada tranquila, com raras ocorrências. Desde o ano passado, a corporação tem mantido uma ambulância na base integrada durante o verão, o que facilita de forma decisiva o trabalho dos bombeiros no atendimento à população. “É algo que a gente implementou no ano passado como experiência e foi um sucesso no atendimento”, recordou o capitão. O secretário adjunto de Saúde, Vitor Dias, lembrou que, na próxima temporada, o atendimento a eventuais ocorrências médicas será ainda mais rápido, pois o município passará a contar com uma unidade de pronto atendimento (UPA) no Sul.

O capitão aproveitou a reunião para informar que o comando do Corpo de Bombeiros no estado se posicionou no sentido de manter a atuação de guarda-vidas no principal balneário palhocense, a Guarda do Embaú, durante o ano inteiro.

Ao final da reunião, Eduardo Freccia fez questão de reforçar que a Prefeitura vai continuar contribuindo com as forças de segurança e salientou a importância da manutenção do trabalho integrado. “A integração é importante, não só na Operação Verão, mas também nas fiscalizações, porque nós não temos efetivo suficiente para fazermos sozinhos. Tenho recebido muitos feedbacks positivos dessa integração”, destacou a delegada Michele. “O importante da ação conjunta é que cada força respeita a função alheia, e isso deixa o trabalho harmônico”, definiu o secretário Alexandre. “É como um jogo de tabuleiro, em que todas as peças são importantes para que tenhamos um resultado satisfatório no final. Vamos seguir com esta sintonia, que tem feito toda a diferença”, projetou o prefeito.