Ordem de serviço determina instalação da iluminação do acesso ao Sul da Ilha, em Florianópolis

Essa instalação complementa uma das maiores obras de mobilidade urbana dos últimos anos na Grande Florianópolis: o novo acesso ao Sul da Ilha

0
77

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Augusto Vieira, assinou nesta terça-feira, 30, a ordem de serviço para a instalação da iluminação pública do acesso ao Sul da Ilha, no trecho de 11 quilômetros entre o Trevo da Seta e o Floripa Airport. Essa instalação complementa uma das maiores obras de mobilidade urbana dos últimos anos na Grande Florianópolis: o novo acesso ao Sul da Ilha.

“Essa assinatura representa a finalização de um ciclo, o atendimento de uma demanda aguardada desde 2014. Primeiramente entregamos a obra que resolveu o problema das intermináveis filas no Sul da Ilha e agora solucionamos a iluminação”, destacou Vieira.

Orçado em cerca de R$ 6 milhões, o serviço foi contratado por R$ 4,6 milhões com a empresa vencedora da licitação, a Botega Montagens Elétricas Ltda., com sede no Sul de SC. A instalação prevê iluminação de LED em todo o trecho, com maior eficiência energética e consequente economia de energiae tecnologia que permite gestão e monitoramento ponto a ponto das luminárias. Parte do cabeamento será subterrâneo e outra parte, aéreo. Os postes terão entre 11 e 12 metros de altura.

Mesmo sem obrigação legal de fazer a iluminação pública, o Estado assumiu o serviço de instalação, por meio de uma parceria com a Prefeitura de Florianópolis, que ficou responsável pelo projeto.

Espera de oito anos

O acesso ao Sul da Ilha, que hoje absorve 60% do tráfego da região, desafogando a SC-405, no Rio Tavares, era uma obra aguardada desde 2013. O trabalho no trecho começou em 2014, mas foi a partir de 2019 que mais da metade dos serviços foram executados. O custo total foi de R$ 219 milhões, sendo R$ 77 milhões somente em desapropriações.