Agroforte promove ação em escola pelo mês do Meio Ambiente

Com palestra e oficina sobre reciclagem, indústria investe na educação ambiental daqueles que serão o futuro da comunidade.

0
117
Agroforte promove ação pelo mês do Meio Ambiente na escola- Foto Divulgação

Poluição, descarte incorreto do lixo, destruição do habitat natural de diversas espécies e o consumo exagerado dos recursos naturais. Estes são alguns dos temas que estão recorrentemente em evidência nos jornais ou em debate em grandes conferências mundiais. E agora, aproveitando que junho é o mês de conscientização internacional
sobre o Meio Ambiente, a Agroforte levou o tema para a sala de aula.

Dia 9 de junho os alunos da Escola de Ensino Fundamental Areias de Cima, em Biguaçu, região em que a indústria de pescado está instalada, participaram de uma série de atividades alusivas ao Dia Mundial dos Oceanos, celebrado na última terça-feira (08/06). Tudo coordenado pela assistente social da fábrica, Cheyenne Vieira Marques, que conversou
com os pequenos e explicou os danos causados pelo plástico e micro lixos, que acabam indo parar no mar e comprometem toda a flora marinha.

“A nossa ideia foi levar para as crianças informações sobre a importância dos oceanos para a sustentabilidade do Planeta Terra e da vida. Principalmente para sensibilizar a turma para ter uma consciência ecológica de preservação dos ambientes e cuidado com os resíduos
sólidos, principalmente o plástico”, pontua Cheyenne.

Durante o encontro os alunos também participaram de uma oficina de reciclagem, com produtos como CDs e rolo de papel higiênico, para a produção de um móbile em formato de peixe. Como as turmas estão em sistema de rodízio, a mesma dinâmica será realizada no dia 14 de junho, para os alunos que estavam estudando de casa. E os enfeites serão utilizados na decoração do prédio da escola e também na barraquinha de pescaria da festa junina.

A Agroforte é uma das maiores empresas de reaproveitamento de resíduos de pescados do Brasil, gerando mais de uma centena de empregos diretamente. Ela atua na produção de farinha e óleo utilizados como matéria-prima para a fabricação de ração para cães, gatos, peixes e camarões, além de ser exportada para diversos países.

Deixe uma resposta

Faça um comentário:
Digite o seu nome