Projeto de universidade atende mulheres vítimas de violência doméstica

Atendimento é prestado por alunos do curso de direito e tem apoio da Polícia Militar do estado, do Juizado da Violência Doméstica de São José e do Instituto Ressignificar

0
646

Alunos do curso de direito da Anhanguera São José estão prestando atendimentos jurídicos para mulheres vítimas de violência doméstica. O projeto tem o objetivo de orientá-las com informações acerca dos seus direitos e principalmente das garantias legais que elas possuem. A coordenadora do curso de direito da Anhanguera, Graziela Blanco, destaca que é de extrema importância essa orientação para as mulheres, principalmente em um momento que elas estão fragilizadas e sem perspectivas de acabar com aquele problema que elas estão vivendo.

“Quem busca o nosso projeto não têm muito conhecimento de todos as garantias constitucionais e protetivas que estão à sua disposição. Nossos alunos, que são monitores, dão essa orientação e acompanham cada um dos casos. Além de contribuir com essas mulheres, o projeto é de extrema importância na formação dos nossos alunos, que saem da universidade não só preparados para o mercado de trabalho, mas com uma visão social. Desde o início do projeto, em setembro de 2020, já atendemos diversas mulheres”, comenta a coordenadora.

O projeto conta com o apoio de importantes órgãos governamentais, como a Polícia Militar e o Juizado Especial da Violência Doméstica. Além disso, o Instituto Ressignificar que atua com mulheres vítima de violência, também encaminha suas pacientes para o serviço.

Os atendimentos são realizados sempre nas quartas-feiras, das 14h às 17 horas, no Núcleo de Práticas Jurídicas da Anhanguera que está localizado na Rua Luís Fagundes, 1680, São José (SC). Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (48) 3954-9721.

Sobre a Anhanguera

Fundada em 1994, a Anhanguera já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação e extensão, presenciais ou a distância.  Presente em todos os estados brasileiros, a Anhanguera presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Anhanguera oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.

Em 2014, a instituição passou a integrar a Kroton. Para mais informações, acesse: https://www.anhanguera.com e https://blog.anhanguera.com/category/noticias/.

Sobre a Kroton  

A Kroton nasceu com a missão de transformar a vida das pessoas por meio da educação, compartilhando o conhecimento que forma cidadãos e gera oportunidades no mercado de trabalho. Parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira de capital aberto dentre as principais organizações educacionais do mundo, a Kroton leva educação de qualidade a mais de 920 mil estudantes do ensino superior em todo o País. Presente em 1.221 municípios, a instituição conta com 131 unidades próprias, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar e é, há mais de 20 anos, pioneira no ensino à distância no Brasil. A Kroton possui a maior operação de polos de EAD no país, com 1.544 unidades parceiras, e oferece no ambiente digital 100% dos cursos existentes na modalidade presencial. Com a transmissão de mais de 1.000 horas de aulas a cada mês em ambientes virtuais, a Kroton trabalha para oferecer sempre a melhor experiência aos alunos, apoiando sua jornada de formação profissional para que possam alcançar seus objetivos e sonhos.