Prefeitura de Florianópolis notifica Uber por prática abusiva contra consumidores

O secretário Municipal de Defesa do Cidadão, Gabriel Meurer, explica que o ato de cobrança de um valor maior sem explicação prévia ou alteração do serviço fere o Código de Defesa do Consumidor

0
945

A Secretaria de Defesa do Cidadão de Florianópolis, por meio do Procon Municipal, encaminhou à empresa Uber na última segunda-feira (21), um auto de notificação por prática abusiva contra consumidores da Capital, que registraram reclamações no órgão.

Segundo relatos de consumidores, viagens previamente programadas e com confirmação de pagamento eram canceladas sem solicitação dos clientes, pelo contrário. Momentos após o cancelamento, na tentativa de remarcação do mesmo percurso, usuários do aplicativo só encontravam corrida com um preço superior ao confirmado anteriormente, mesmo que sem nenhuma alteração no serviço contratado. Grande parte das reclamações tem em comum o ponto de embarque no mesmo local: o Floripa Airport.

O secretário Municipal de Defesa do Cidadão, Gabriel Meurer, explica que o ato de cobrança de um valor maior sem explicação prévia ou alteração do serviço fere o Código de Defesa do Consumidor e pode ser considerado um ato de má-fé por parte da empresa prestadora de serviço.

“A prática tem gerado muitas dúvidas, preocupações e insegurança entre os usuários, na medida em que a Uber não apresentou justificativas de tal ato para os clientes”, ressalta.

O Procon de Florianópolis solicita que a empresa preste informações e esclarecimentos por essa prática que usuários relatam que acontece frequentemente, além de exigir relatório de 2021, das ocorrências de Florianópolis, com dados de cancelamento e respectivas justificativas.

Denúncias e reclamações ao Procon Municipal de Florianópolis podem ser encaminhadas pelo site http://procon.pmf.sc.gov.br, no e-mail fiscalizacao.procon@pmf.sc.gov.br ou no telefone (48) 3131-5300.