Justiça decreta ilegalidade de greve e prefeitura fecha folha da Comcap com desconto em grevistas

Na decisão, o TJSC impede o sindicato de tumultuar espaços públicos e ameaçar ou constranger funcionários que querem trabalhar

0
251

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) decretou a ilegalidade da greve dos servidores da Comcap, em Florianópolis, na tarde desta quarta-feira (22). Com a decisão do desembargador Sérgio Roberto Baasch Luz, a prefeitura já vai aplicar descontos salariais em grevistas nesta quinta, 23 de setembro, quando o município fecha a folha dos funcionários.

Na decisão, o TJSC impede o sindicato de tumultuar espaços públicos e ameaçar ou constranger funcionários que querem trabalhar. O município também está iniciando processo de abandono de emprego em quem aderiu ao movimento ilegal. Na tarde desta terça, a Prefeitura solicitou que funcionários que querem retornar ao trabalho comuniquem a secretaria do meio ambiente até as 18h para não haver descontos.

Organizados pelo Sintrasem, os trabalhadores da Comcap iniciaram greve por tempo indeterminado, nesta semana, protestando contra a contratação de empresa para realizar o serviço de coleta de lixo na cidade.

VEJA A DECISÃO NA ÍNTEGRA:Greve – Liminar