Plataforma digital para conciliação e mediação online é credenciada pelo TJSC

A Concilie Online, que já é cadastrada às Cortes Estaduais de SP, RJ e MG agora está apta para auxiliar a composição de demandas administrativas também da Corte de SC, contribuindo para desafogar o Judiciário

0
131

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC) credenciou uma plataforma para auxiliar a composição de demandas, contribuindo para o desabarrotamento da Justiça. A Concilie Online, concilie.com.br – primeira plataforma de conciliação e mediação online do Brasil – acredita que até o fim de 2021 irão desjudicializar novos 20 mil processos.

Em maio de 2021, a plataforma também foi credenciada ao Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), em junho ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ) e, no mês de julho, ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG).

Seu pioneirismo e sua capacidade de alta performance foram diferenciais para a licença junto aos Tribunais. De acordo com Galvão, para ser habilitada a plataforma passou por rigorosas análises dos Nupemecs (Núcleos Permanentes de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos), com critérios de segurança e reputação aceitos indiscutivelmente.

“Com os credenciamentos nos tornamos um mecanismo eficaz de auxílio para a desobstrução e agilidade da função jurisdicional. Com o credenciamento, a homologação pela plataforma da Concilie, diretamente, propicia maior volume de solução de conflitos e paz social” explica o Co-fundador e COO da plataforma, Guilherme Galvão.

A Concilie disponibiliza sua plataforma para empresas parceiras que submetem casos ainda na esfera administrativa para uma composição consensual, evitando as vias judiciais. Mas, se o caso já está na justiça, eles também podem conciliar. “Entramos em contato com a parte contrária, para convidar e agendar uma sessão de conciliação ou mediação online. Após a sessão, conduzida por um conciliador ou mediador capacitado e credenciado ao tribunal, geramos um termo de conciliação e submetemos ao tribunal para homologação. Todo esse trâmite acontece em até cinco dias úteis. Um processo, tramitando em Juizados Especiais, leva em média mais de um ano e meio”, esclarece o COO.

Ele explica que o método utilizado pela Concilie beneficia ambas as partes. A Seguradora Porto Seguro, por exemplo, que utiliza a plataforma desde 2014, já colhe os frutos positivos deste modelo e vislumbra, além de melhorias dos processos internos, um aumento da satisfação dos seus clientes.

Entre os segmentos que já se utilizam da Concilie, evitando a via judicial e priorizando métodos alternativos de solução conflitos, estão seguradoras, companhias telefônicas, aéreas, locadoras, bancos, planos de saúde, construção civil, varejo e outros.