Inaitec lança programa Acelera Pedra Branca Startups

Prefeitura de Palhoça é uma das fundadoras do instituto, que tem a missão de acelerar negócios que desenvolvam produtos e serviços relevantes para as cidades do futuro.

0
236
FOTO: DIVULGAÇÃO/SECOM Na imagem, o prédio do Inaitec, localizado na Pedra Branca.

O Instituto de Apoio à Inovação, Incubação e Tecnologia (Inaitec) está com inscrições abertas para o primeiro programa Acelera Pedra Branca Startups. Os interessados em realizar projetos dentro do ecossistema de inovação do Inaitec devem se inscrever até o dia 20 de outubro.

O Inaitec é um instituto que ajuda a criar e acelerar negócios que desenvolvam produtos e serviços relevantes para as cidades do futuro. Foi fundado em 2010, em um esforço conjunto da Prefeitura de Palhoça, da Cidade Pedra Branca, da Universidade do Sul de Santa Catarina (UniSul) e da Associação Empresarial de Palhoça (Acip), dando início
a um novo ciclo de inovação no município. “Nós queremos fazer a diferença na vida das pessoas, apostando em ideias inovadoras, que tenham o potencial de influenciar positivamente na comunidade. Percebemos que existem muitas propostas criativas para a oferta de novos produtos e serviços, e o Inaitec é uma ferramenta importante para não
só alavancar, como também para ajudar os empreendedores a planejar e a gerenciar suas empresas”, destaca o prefeito Eduardo Freccia.

Tendo como base esse propósito, o Inaitec promove o programa “Acelera Pedra Branca Startups”, que tem como objetivo conectar e acelerar startups através de um programa de imersão. “Uma oportunidade indispensável, principalmente para aqueles que têm uma solução inovadora, com foco no futuro sustentável das cidades”, revela Diego Chierighini, diretor executivo do Inaitec.

Para participar, a startup precisa realizar a inscrição pelo link inaitec.com.br/acelera-startups até o dia 20 de outubro. As verticais tecnológicas de interesse do programa, que podem ser aplicadas a diferentes áreas de negócio, são: agronegócio, náutica, saúde, esportes, games e smart cities.

A análise e a pré-seleção dos projetos será concluída até o dia 31 de outubro. Entre os dias 1º e 4 de novembro, será feita a análise da documentação das startups. No dia 5 de novembro, o Inaitec vai divulgar as 10 propostas selecionadas, e as atividades do programa Acelera Pedra Branca Startups estão previstas para iniciar no dia 8 de
novembro.

As startups selecionadas receberão, gratuitamente, por três meses: um espaço no coworking do Inaitec; acompanhamento por mentorias; benefícios de acesso a plataformas, softwares e CRM.

No final dos três meses de imersão, as startups com maior potencial poderão receber investimentos (venture capital, fundos semente e investidores anjo), dando sequência ao programa de aceleração, que garante toda a estrutura e apoio do Inaitec.

Durante as etapas do programa de aceleração do Inaitec, os inscritos irão preparar e fortalecer as startups para alavancagem e crescimento sustentável, por meio de: grandes especialistas para guiar, inspirar e encorajar as startups, aprimorando sua performance e seu potencial; com o networking do Inaitec, que funciona como um elo, conectando projetos de empresas que planejam se tornar parceiras, as startups terão acesso a pessoas e empresas do ecossistema; auxílio, por meio de parcerias, ao acesso a financiamento (venture capital, fundos semente e investidores anjo); infraestrutura completa, com espaço físico, internet, mobiliário e salas privativas para treinamento e reuniões presenciais
ou virtuais; suporte às atividades de teste de soluções inovadoras na Cidade Universitária Pedra Branca; uma série de benefícios e descontos em plataformas de gestão, planejamento e vendas, entre outros.